Corinthians fez jogos decisivos contra o Atlético-MG em títulos do Brasileirão 2015 e 2017; relembre

Corinthians fez jogos decisivos contra o Atlético-MG em títulos do Brasileirão 2015 e 2017; relembre

1.1 mil visualizações 14 comentários Comunicar erro

Último encontro entre as equipes rendeu entrega de taça ao Timão

Último encontro entre as equipes rendeu entrega de taça ao Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Neste domingo, às 16h, Corinthians e Atlético Mineiro se enfrentam pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Se na atual temporada o confronto marca um dos primeiros compromissos do Timão no torneio, nos últimos anos o encontro teve caráter decisivo em duas oportunidades.

A partida mais recente entre as equipes, no final de 2017, marcou a entrega da taça de campeão brasileiro a Carille e seus comandados. No dia 26 de novembro, Jadson e Marquinhos Gabriel marcaram pelo Corinthians no empate por 2 a 2. Na ocasião, mais de 40 mil torcedores compareceram à festa na Arena.

O Timão iniciou o confronto com Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel, Camacho, Rodriguinho, Jadson e Clayson; Jô - desses três já não fazem parte do plantel alvinegro: Arana, Camacho e Jô.

Como a partida deste domingo é na Arena Independência, é impossível não lembrar do último encontro entre as equipes no estádio. Pelo Brasileirão de 2015, o Corinthians comandado de Tite fez uma de suas maiores atuações na campanha do hexa.

Rodriguinho esteve em campo durante atuação de gala do Timão em 2015

Rodriguinho esteve em campo durante atuação de gala do Timão em 2015

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Pela 33ª rodada, os times se encontraram no que era uma espécie de final. Com oito pontos de vantagem do Timão, o Atlético-MG precisava fazer valer o mando de casa para seguir sonhando com o título. O que aconteceu, no entanto, foi uma tarde de gala dos comandados de Tite.

Com gols de Vagner Love (que, inclusive, relembrou a partida neste sábado), Malcom e Lucca, o Timão aplicou um sonoro 3 a 0 e encaminhou a conquista de seu sexto caneco do Brasileirão. Naquela partida, Adenor mandou a seguinte escalação a campo: Cássio; Edilson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Rodriguinho, Jadson, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love - só Cássio, Ralf, Rodriguinho e Jadson seguem no elenco.

Sem o peso daquela partida, as equipes se reencontram no Independência neste domingo. O jogo, mesmo no início do Brasileirão, pode dar ao Corinthians uma vantagem ainda maior na liderança. Até aqui, só o time alvinegro tem 100% de aproveitamento.

Veja mais em: Retrospecto do Corinthians e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Marcelo Aparecido de Souza foi pressionado por jogadores e torcedores no Allianz Parque

    STJD aceita pedido e vai julgar em outra sessão mérito que pode melar título paulista do Corinthians

    ver detalhes
  • Dupla voltou de Chapecó com problemas físicos e pode se tornar baixa

    Dupla será reavaliada e pode se juntar a Cássio como desfalque para Corinthians no sábado

    ver detalhes
  • Guilherme Castellani assinou com o Timão até o fim de 2020

    Goleiro da equipe Sub-20 assina primeiro contrato profissional com o Corinthians

    ver detalhes
  • Henrique quer Corinthians bem no Brasileirão até o embate pela Libertadores

    Em desembarque, Henrique fala em 'virar a chave' para se aproximar dos líderes no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes