Lesões, resultados e desempenho: o balanço do Corinthians na sequência longe da Arena

Lesões, resultados e desempenho: o balanço do Corinthians na sequência longe da Arena

1.4 mil visualizações 32 comentários Comunicar erro

Carille utilizou pouco de seus jogadores reservas em maratona de viagens

Carille utilizou pouco de seus jogadores reservas em maratona de viagens

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Neste domingo, o Corinthians pôs fim à dura série de quatro jogos longe de seus domínios. O time alvinegro enfrentou Independiente, Paraná, Vitória e Atlético Mineiro fora de casa. No que se refere a resultados, o saldo é positivo: são duas vitórias, um empate e uma derrota. Já na parte física, o período teve consequências.

Revezando poucas peças do time titular, Fábio Carille vê sua equipe enfraquecida depois da sequência de viagens. O treinador perdeu Renê Júnior, que operou o joelho e para por dois meses; Ralf, que operou uma luxação no ombro, por três meses; e Fagner, que deixou o campo neste domingo com dores na perna direita e já é desfalque confirmado para o próximo compromisso da equipe.

Escolhas reduzidas

Na dura série de quatro jogos fora de casa, Carille utilizou 18 de seus jogadores - contando com os reservas. Se contarmos só quem alternou nas escalações titulares, o número cai para 14. Ou seja, iniciando as partidas, a troca foi de, no máximo, três atletas. Os quatro jogos, vale destacar, foram disputados em um intervalo de 12 dias.

Lista de jogadores que jogaram como titular: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique, Sidlcley, Ralf, Maycon, Renê Júnior, Gabriel, Rodriguinho, Mateus Vital, Romero, Clayson e Jadson.

Lista de jogadores que saíram do banco pelo menos uma vez: Mantuan, Marquinhos Gabriel, Emerson e Pedrinho.

Com o pé direito

Primeiro jogo da

Primeiro jogo da "maratona" foi o melhor do Corinthians no período

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ciente da sequência que estava por vir, o Corinthians viajou à Argentina para enfrentar o Independiente. Com o chamado time ideal de Fábio Carille, o time alvinegro fez uma de suas melhores atuações na temporada. Com o 4-2-4, imprimiu seu ritmo, criou oportunidades e venceu por 1 a 0 com gol de cabeça do meia Jadson.

Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon; Ángel Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson.

Rodízio e goleada

No Paraná, goleada e rodízio funcionando a pleno vapor

No Paraná, goleada e rodízio funcionando a pleno vapor

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

De volta ao Brasil, o Timão mal teve tempo para treinar em São Paulo e teve de embarcar para Curitiba, onde enfrentou o Paraná. Para oxigenar a equipe, Carille trocou três peças: Ralf, Maycon e Jadson foram para o banco. As trocas renderam nova boa atuação alvinegra, resultando em goleada por 4 a 0.

Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel, Renê Júnior, Romero, Jadson, Rodriguinho e Mateus Vital.

Estratégia interrompida

Ralf deixou campo aos prantos no Barradão

Ralf deixou campo aos prantos no Barradão

Reprodução/FOX Sports

Pelo que se desenhava, Carille tinha bem certo as peças que iriam rodar para dar fôlego ao meio campo do Corinthians. Antes de viajar à Salvador para enfrentar o Vitória, no entanto, a estratégia foi interrompida com lesão de Renê Júnior. Jadson voltou ao time e Ralf foi mantido. Resultado: o camisa 15 contundiu o ombro e virou desfalque por dois meses. Falando da atuação, nada destacável e cansaço visível da equipe corinthiana no 0 a 0 pela Copa do Brasil.

Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon; Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson.

A conta chegou para a defesa

Fagner ficou menos de dez minutos no gramado neste domingo

Fagner ficou menos de dez minutos no gramado neste domingo

Reprodução / TV

Próxima parada: Belo Horizonte. Em compromisso contra o Atlético Mineiro, neste domingo, Carille novamente não poupou suas principais peças - só Jadson ficou em São Paulo. Após repetir as escolhas no sistema defensivo nas quatro partidas, o comandante alvinegra viu Fagner deixar o campo lesionado ainda no início do jogo.

Além da lesão, o que evidenciou o desgaste da equipe foi o desempenho nos 90 minutos, bastante abaixo do que foi apresentado nos dois primeiros jogos da sequência fora de casa.

Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Romero, Mateus Vital, Rodriguinho e Clayson.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Ralf, Fagner e Renê Júnior.

Veja Mais:

  • Diego Tardelli está há três temporadas no Shandong Luneng

    Corinthians recebe aceno positivo de 'concorrido' Tardelli por retorno ao Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians lotou Arena para finalíssima da Copa do Brasil

    Salvo padrão Fifa, Arena Corinthians tem seu maior ganho líquido de renda na final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Cássio falou com o jornalistas na tarde desta sexta-feira no CT do clube

    Cássio critica agente de Pedrinho após postagem: 'As coisas se resolvem aqui, não falando fora'

    ver detalhes
  • Corinthians de Jadson e Henrique flerta com marca do rebaixamento de 2007

    'Pior Corinthians dos últimos cinco anos' já flerta com marca do rebaixamento de 2007

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes