Jadson lamenta 'apagão' do Corinthians e cobra mais atenção em próximos jogos da Libertadores

Jadson lamenta 'apagão' do Corinthians e cobra mais atenção em próximos jogos da Libertadores

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

1.6 mil visualizações 39 comentários Comunicar erro

Jadson até marcou, mas tento não foi suficiente para o Corinthians reagir em Itaquera

Jadson até marcou, mas tento não foi suficiente para o Corinthians reagir em Itaquera

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A noite desta quarta-feira não foi como a Fiel esperava na Arena Corinthians. Logo no início da partida, o Timão sofreu dois gols e não teve forças para buscar a virada, deixando o estádio com a derrota por 2 a 1 e situação mais complicada no grupo da Libertadores. Para o meia Jadson, o grande erro alvinegro foi a desatenção nos minutos iniciais.

"Sabíamos o que fazer, mas tivemos um apagão no começo do jogo e tomamos o gol muito rápido. Era tudo o que eles queriam. E logo depois tomamos um gol de escanteio. Para correr atrás é complicado, eles têm uma equipe qualificada. Mas depois que fizemos nosso gol, tivemos mais tranquilidade para trabalhar a bola, pressionamos mais, Romero quase fez um gol", disse o camisa 10, na zona mista da Arena.

Leia também:
Técnico do Corinthians confirma mudanças contra Ceará e justifica opção por Pedrinho no banco
Corinthians leva gol com um minuto, demora a acender e perde a primeira na Libertadores

Autor do único gol corinthiano no embate, Jadson, assim como o restante do elenco, sabia da importância de somar pontos contra os argentinos. Mais do que encaminhar a classificação, um resultado positivo também deixaria o Independiente em situação complicada. Agora, o grupo está equilibrado e as duas partidas finais ganharam caráter ainda mais decisivo.

"Sempre bom fazer gols, mas sair com a derrota aqui... o empate já era um bom resultado e a vitória já dava praticamente a classificação. Então se fosse para deixar de fazer o gol, mas o Corinthians sair com a vitória, eu preferiria sair com a vitória", afirmou.

"Agora nossa equipe vai ter que entrar atenta nos dois jogos, serão duas finais. Um empate aqui não seria um mal resultado dentro de casa. Mas acabamos perdendo, agora é pensar nos dois jogos da Libertadores como finais. Nossa equipe tem que entrar mais atenta do que entramos no jogo", completou.

Os compromissos restantes para Carille e seus comandados, vale lembrar, são contra Deportivo Lara, na Venezuela, e Millonarios, na Arena Corinthians. O Timão segue na liderança, com sete pontos conquistados, apenas três a mais que o lanterna da chave.

Veja mais em: Libertadores da América e Jadson.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel está de saída do Corinthians

    Rumo aos Emirados Árabes, Marquinhos Gabriel pode render R$ 17 milhões ao Corinthians

    ver detalhes
  • Pedrinho treinou com bola normalmente nesta sexta-feira

    Pedrinho treina sem limitações e pode voltar ao Corinthians na escalação deste sábado

    ver detalhes
  • Fagner deu entrevista no CT Joaquim Grava e falou sobre a convocação para seleção canarinha

    Fagner comemora volta à Seleção e evita entrar em dividida com a CBF por ausência no Corinthians

    ver detalhes
  • Eduardo Bandeira de Mello reclamou da convocação de jogador do Flamengo

    'Fomos prejudicados', diz Flamengo sobre convocação; Corinthians, porém, também deve ter baixa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes