Corinthians supera sufoco e vira para cima do Brasília pela Liga Ouro de 2018

Corinthians supera sufoco e vira para cima do Brasília pela Liga Ouro de 2018

15 mil visualizações 55 comentários Comunicar erro

Basquete do Corinthians voltou a disputar a Liga Ouro no Parque São Jorge nesta quinta

Basquete do Corinthians voltou a disputar a Liga Ouro no Parque São Jorge nesta quinta

Foto: Thaina Barros / Meu Timão

Na noite desta quinta-feira, o Corinthians voltou à disputa da Liga Ouro no Ginásio Wlamir Marques, localizado no Parque São Jorge. A equipe do técnico Bruno Savignani recebeu o Brasília Búfalos, ex-time do treinador, e acabou com uma vitória alvinegra por 81 a 73 . O embate foi válido pelo returno do torneio nacional, onde o Timão se mantém líder isolado até o momento.

Com a bola em jogo, o Brasília foi o primeiro a acertar a rede, com uma cesta de três pontos. Corinthians devolveu na mesma moeda, com Humberto. O rival devolveu, com duas cestas e mais um lance livre. 3 a 8. A vantagem do adversário aumentou com uma cesta de três. O Timão respondeu com dois lances livres corretos, mas o Brasília voltou a marcar com um lance faltoso alvinegro.

Pelo Timão, Reggie Larry apareceu e marcou de fora do garrafão. O Brasília descontou na sequência e o Corinthians buscou a resposta rápida, mas acabou parado por uma falta. 8 a 16. O Brasília seguiu avançado, quando o técnico alvinegro pediu tempo. A estratégia deu certo, e o Corinthians voltou marcando com Schneider.

O placar já marcava 10 a 18 para os visitantes quando o ala apareceu mais uma vez e marcou mais dois pontos para o Timão, com direito a enterrada. No entanto, o Brasília voltou a estufar a rede. Gemadinha descontou, mas o rival seguiu na frente. Fim do primeiro quarto, 16 a 25.

Já na etapa seguinte, o Corinthians teve a chance de ampliar com Gemadinha, que acabou acertando o aro. A pontuação veio com Schneider, na sequência, em mais uma enterrada. A equipe da casa seguiu avançando, e a diferença no placar diminuiu para quatro pontos. O visitante se manteve superior e o placar chegou a 24 a 35. Schneider diminuiu, acertando a cesta de fora do garrafão, mas o Brasília marcou logo em seguida, com dois lances livres. O Corinthians respondeu na mesma moeda, com Reggie Larry.

A diferença no marcador caiu para seis pontos, com dois lances livres de Brandon Davis. Porém, o Brasília marcou na sequência, após outro lance faltoso. Schneider respondeu, mas o marcador seguiu a favor do rival. 33 a 43. Reggie Larry conseguiu uma cesta de fora do garrafão que levantou a torcida no Parque São Jorge. A partida seguiu acirrada, mas o Timão seguiu para os vestiários com uma derrota parcial de 40 a 48.

O Corinthians voltou pilhado após o intervalo e conseguiu diminuir a diferença no marcador. A equipe avançou, mas viu o Brasília descontando na sequência. Em uma roubada de bola, Reggie Larry manteve o Timão no jogo e foi seguido por Gustavinho, que marcou mais dois pontos para a equipe da casa. No entanto, o rival do Distrito Federal não deixou barato.

Leia também:
Corinthians conhece adversário das semifinais da Copa do Brasil Sub-20
Novas camisas do Corinthians fazem loja da Arena bater recorde de vendas; preta é preferência

O placar chegou a 55 a 44 quando Wagner acertou a cesta pelo mandande. O jogador ainda foi atingido por uma falta, que resultou em mais um ponto em lance livre. Humberto teve a mesma oportunidade na sequência, e conquistou mais dois pontos para o Corinthians. A reação corinthiana se manteve com Gustavinho, que diminuiu a vantagem do rival para apenas três pontos.

A Fiel passou a aumentar a voz nas arquibancadas com o novo respiro da equipe. O "gás" da torcida fez efeito na quadra, e o Corinthians ficou a um ponto do empate após duas cestas de Schneider, em lance livre. O empate veio na sequência, com Humberto, que converteu uma cesta após ser atingido por uma falta. Na sequência, a tão esperada virada veio com Schneider. Porém, o resultado positivo não se manteve inicialmente.

O Corinthians foi para o último quarto com uma derrota parcial de 58 a 61 e esboçou uma reação logo nos minutos iniciais da etapa. Gemadinha conseguiu ampliar para o time da casa e foi seguido por Pastor, que voltou a virar o placar para o Timão. A vantagem ganhou mais força logo em seguida, e a equipe do Parque São Jorge chegou ao marcador de 72 a 65.

A disputa seguiu acirrada, mas o Corinthians não deu margem para o avanço do adversário. A equipe se manteve firme e Bruno ampliou com dois lances livres após a sinalização de um lance faltoso para os mandantes. O Brasília tentou responder, mas o Timão seguiu na frente com um placar de 81 a 73. Mesmo com a pressão do rival, a virada para o time da casa foi concretizada com o apito final.

Com o resultado, o Corinthians se mantém na liderança da Liga Ouro, com 26 pontos marcados até aqui. Foram 12 vitórias e duas derrotas - ambas em casa. O vice-líder é o São José, que segue na cola com 25 pontos na tabela, vindo de uma vitória de 83 a 69 sobre o Cerrado. O primeiro e o segundo colocado na tabela se classificam direto para os playoffs (semifinais) do torneio nacional.

A equipe alvinegra volta a estar em quadra na próxima terça-feira, diante do São José, em um embate direto pela primeira colocação da Liga Ouro. A partida será a última da sequência como mandante do Timão, no Parque São Jorge, às 20h (de Brasília). Vale destacar que o campeão do torneio tem acesso ao Novo Basquete Brasil (NBB), principal competição do esporte no país e maior objetivo do Corinthians nesta temporada.

Corinthians segue líder na disputa da Liga Ouro de 2018

Corinthians segue líder na disputa da Liga Ouro de 2018

Thaina Barros / Meu Timão

Veja mais em: Basquete e Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Jadson é o artilheiro do elenco em 2018, com 15 gols; é o que mais fez com Jair Ventura

    Jadson se torna artilheiro da era Jair Ventura; meia participou de 12 dos últimos 20 gols do Timão

    ver detalhes
  • Roger entrou aos 13 minutos do segundo tempo e conseguiu fazer um dos gols do Timão em Salvador

    Roger é o atacante do Corinthians que precisa de menos tempo em campo para fazer um gol

    ver detalhes
  • Corinthians foi da água ao vinho: campeão em 2017 e candidato ao rebaixamento em 2018

    Corinthians luta contra reviravolta jamais vista no Brasil e raríssima no futebol mundial

    ver detalhes
  • Duelo ganhou ares dramáticos com prorrogação, mas terminou em alívio e comemoração dos corinthianos

    Em jogo dramático, pivô faz três, Corinthians segura empate na prorrogação e vai às quartas da LNF

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes