Cestinha contra Brasília, ala exalta virada do Corinthians e mira playoffs da Liga Ouro

Cestinha contra Brasília, ala exalta virada do Corinthians e mira playoffs da Liga Ouro

560 visualizações 14 comentários Comunicar erro

O ala Schneider foi o cestinha do Corinthians na vitória sobre o Brasília Búfalos

O ala Schneider foi o cestinha do Corinthians na vitória sobre o Brasília Búfalos

Foto: Thaina Barros / Meu Timão

O time de basquete do Corinthians voltou a vencer na Liga Ouro de 2018 nesta quinta-feira. Em uma virada emocionante, conquistada no último quarto, a equipe do técnico Bruno Savignani venceu o Brasília Búfalos por 81 a 73, no Ginásio Wlamir Marques, localizado no Parque São Jorge. Cestinha do Timão no duelo, o ala Guilherme Schneider analisou o desempenho alvinegro no confronto.

"Começamos com um ritmo mais fraco do que estamos acostumados a jogar, principalmente do meio para o final. Estávamos enfrentando um ritmo mais forte que nos outros jogos. Conseguimos, ao longo do jogo, buscar isso e aumentar a defesa. Pegar a quadra inteira, se concentrar mais", disse Schneider ao Meu Timão.

"No nosso ataque, a média é mesmo de 80 e 85 pontos, então tínhamos que baixar a pontuação deles. Tivemos que reduzir isso, eles são uma equipe com média de 60 pontos no campeonato. Permitindo o que a gente permitiu no primeiro tempo, teríamos tomado 90. Foi na defesa que conseguimos buscar", acrescentou.

Leia também: Corinthians supera sufoco e vira para cima do Brasília pela Liga Ouro de 2018

Guilherme Schneider foi essencial para o Corinthians na virada sobre o Brasília. O jogador marcou 25 pontos para equipe do Parque São Jorge no embate. Atrás do camisa 13, estão os alas Reggie Larry, com 10 pontos, e Humberto, com nove.

O Corinthians é líder na Liga Ouro, com 26 pontos marcados até aqui. Foram 12 vitórias e duas derrotas - ambas em casa. O vice-líder é o São José, que segue na cola com 25 pontos na tabela. O primeiro e o segundo colocado na tabela se classificam direto para os playoffs (semifinais) do torneio nacional.

Para Schneider, o poder de reação demonstrado pela equipe nos últimos dois quartos diante do Brasília devem ser levados para a disputa mata-mata. "Nós já temos que estar no ritmo dos playoffs. É daqui a pouco, faltam duas partidas agora. Precisamos manter esse nível de reação para a disputa mata-mata", finalizou.

O Timão volta a estar em quadra na próxima terça-feira, diante do São José, em um embate direto pela primeira colocação da Liga Ouro. A partida será a última da sequência como mandante do Timão, no Parque São Jorge, às 20h (de Brasília). Vale ressaltar que o campeão do torneio tem acesso ao Novo Basquete Brasil (NBB), principal competição do esporte no país e maior objetivo do Corinthians nesta temporada.

Veja mais em: Basquete e Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez e Duílio Monteiro participaram do programa Papo Reto desta semana

    Andrés revela 'chapéu' do Real Madrid, e Duílio explica garimpo do Corinthians no mercado da bola

    ver detalhes
  • Conselho Deliberativo se reuniu ontem à noite no Parque São Jorge

    Andrés vai à reunião do Conselho do Corinthians e revela novo modelo de gestão do dinheiro da Arena

    ver detalhes
  • Dentinho já comemorou gol contra o Santos imitando pescaria

    Ex-Corinthians, Dentinho é oferecido ao Santos; transação não deve ocorrer

    ver detalhes
  • Momento em que Clayson dispara água contra torcida da Chapecoense

    Clayson pede desculpa em rede social e procura torcedora envolvida em polêmica na Arena Condá

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes