Paulo Roberto admite chateação com período fora, mas prevê mais chances no Corinthians

Paulo Roberto admite chateação com período fora, mas prevê mais chances no Corinthians

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

3.9 mil visualizações 76 comentários Comunicar erro

Contra o Vitória, Paulo Roberto atuou pela primeira vez no ano

Contra o Vitória, Paulo Roberto atuou pela primeira vez no ano

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Paulo Roberto ainda não havia disputado um jogo oficial na temporada até a noite desta quinta-feira, quando foi chamado por Fábio Carille para substituir Maycon no fim do triunfo por 3 a 1 sobre o Vitória, na Arena Corinthians, pela Copa do Brasil. O volante, que perdeu parte do primeiro semestre devido a uma lesão na coxa, celebrou seu retorno aos gramados.

“É bacana, jogador quer sempre estar atuando. A gente fica um pouco triste quando não joga, mas ainda assim respeitando o companheiro que está jogando e a opção do técnico. É sempre estar preparado para, quando aparecer a oportunidade, poder ajudar”, afirmou Paulo Roberto.

Peça importante do elenco corinthiano em 2017, quando foi campeão paulista e brasileiro com atuações de encher os olhos, o volante adquirido do Audax-SP precisou tratar uma contusão no músculo reto femoral da coxa direita. Ele chegou a ser relacionado por Carille no fim do Estadual, mas só “estreou” mesmo nesta quinta, ajudando o Timão a se classificar às quartas da Copa do Brasil.

Leia também:
Mantuan 'cala corneteiros' e é exaltado na web após vitória do Corinthians
Romero vibra com noite de herói na Arena Corinthians e vislumbra Dérbi

Questionado se havia sentido a falta de ritmo, Paulo explicou que o fato de o Corinthians estar vencendo o ajudou. “Hoje foi tranquilo. Geralmente quando a gente entra assim, independentemente do resultado, de como está o outro time, no primeiro pique sempre abafa um pouco. Mas o jogo estava bem cadenciado, nossa equipe estava mantendo bem o jogo, e eu também me mantive preparado durante todo esse tempo treinando. Acabei não sentindo muito, não, foi positivo”, discorreu o meio-campista, que deseja mais chances sob o comando de Carille:

“Já vinha treinando muito forte, eu tive uma lesão que me deu um certo atraso, mas desde que voltei a treinar venho treinando sério, forte. Mesmo com tantos volantes, sei que a oportunidade pode pintar a qualquer momento, pra jogar num time como o Corinthians não pode dar brecha, tem que estar sempre preparado”.

O Corinthians volta a campo domingo, quando recebe o arquirrival Palmeiras na Arena, às 16h, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Com Ralf e Renê Júnior lesionados, Paulo Roberto segue no posto de reserva imediato da dupla Gabriel e Maycon.

Confira os gols da classificação corinthiana

Veja mais em: Paulo Roberto, Arena Corinthians e Departamento Médico.

Veja Mais:

  • Diego Tardelli está há três temporadas no Shandong Luneng

    Corinthians recebe aceno positivo de 'concorrido' Tardelli por retorno ao Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians lotou Arena para finalíssima da Copa do Brasil

    Salvo padrão Fifa, Arena Corinthians tem seu maior ganho líquido de renda na final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Cássio falou com o jornalistas na tarde desta sexta-feira no CT do clube

    Cássio critica agente de Pedrinho após postagem: 'As coisas se resolvem aqui, não falando fora'

    ver detalhes
  • Corinthians de Jadson e Henrique flerta com marca do rebaixamento de 2007

    'Pior Corinthians dos últimos cinco anos' já flerta com marca do rebaixamento de 2007

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes