Primeiro Corinthians, agora Seleção: Cássio brinca sobre 'segundo Mundial' com Tite

Primeiro Corinthians, agora Seleção: Cássio brinca sobre 'segundo Mundial' com Tite

Por Meu Timão

18 mil visualizações 79 comentários Comunicar erro

Herói do Corinthians, Cássio foi eleito craque do Mundial de 2012

Herói do Corinthians, Cássio foi eleito craque do Mundial de 2012

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Cinco anos e meio depois e quis o destino que Cássio e Tite estivessem mais uma vez lado a lado numa disputa de Mundial. Primeiro, lá em dezembro de 2012, com o Corinthians, no Japão. Agora, a partir do próximo mês de junho, com a Seleção Brasileira, na Rússia.

Em entrevista concedida no início de tarde desta segunda-feira à TV Globo, instantes após a confirmação de sua convocação à Copa do Mundo de 2018, o corinthiano Cássio brincou sobre a segunda participação em "Mundiais" junto com Tite.

"Foi (campeão em 2012), né? Espero que a gente possa repetir, ser campeão. Vamos nos preparar bem. É a Copa do Mundo, maior campeonato do mundo Agora é se preparar bem para sair campeão", comentou o arqueiro, herói da conquista de 2012 pelo Timão.

Leia também: Cássio agradece ao Corinthians e a Fiel e comemora convocação: 'Será uma honra'

O sonho de vestir a camisa da Seleção Brasileira numa Copa do Mundo, no entanto, acompanha Cássio desde muito antes da atuação icônica pelo Corinthians naquela partida contra o Chelsea: quando o Gigante ainda era pequeno, lá nos tempos de Veranópolis (RS).

"É a realização de um sonho, o projeto de chegar à Seleção começa na infância. A ficha nem caiu ainda. Estou muito feliz, tentei fazer o melhor no meu clube e consegui. Estou feliz com a convocação e poder representar o meu país. Quando chegar lá vou poder me dedicar ao máximo e fazer o que for preciso", afirmou.

"Com certeza a gente tinha essa confiança de poder ser convocado. E eu acho que desde que comecei minha carreira... É um sonho que estou realizando. Emoção, satisfação", completou.

Ao ser questionado sobre a ausência na última convocação, para amistosos contra Rússia e Alemanha, Cássio negou ter tido a confiança abalada - na ocasião, Neto, do espanhol Valencia, é quem foi chamado para o posto de terceiro goleiro.

"Fiquei bem tranquilo. Se a gente for ver, tem muitos goleiros de qualidade, muito bem. Me mantive focado no meu trabalho no Corinthians. Eu sabia que poderia estar na convocação final se estivesse bem no meu clube", explicou o camisa 12 do Timão.

Veja mais em: Cássio, Corinthianos na Seleção, Tite e Títulos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Jair passa orientação a Thiaguinho, novo segundo volante titular do Timão

    Jair pode repetir Corinthians para duelo com Atlético-PR; veja única dúvida na escalação

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes