Pedras e garrafas paralisam jogo do Corinthians por cerca de 13 minutos na Venezuela

Pedras e garrafas paralisam jogo do Corinthians por cerca de 13 minutos na Venezuela

1.8 mil visualizações 26 comentários Comunicar erro

Cássio reclama dos objetivos atirados dentro de campo

Cássio reclama dos objetivos atirados dentro de campo

Foto: Reprodução/TV

O jogo entre Deportivo Lara e Corinthians, na noite desta quinta-feira, na Venezuela, terminou mais tarde do que deveria. Tudo por conta de uma paralisação de mais de dez minutos após objetos serem atirados pela torcida local dentro do gramado.

Pedras e garrafas foram atiradas na direção do goleiro Cássio, que reclamou bastante com o árbitro e um de seus auxiliares. O detalhe é que, no primeiro tempo, quando o goleiro do Lara ocupava o mesmo local, outros objetos foram atirados. E pior: um deles pegou na cabeça do venezuelano, que também reclamou.

O jogo, inclusive, correu risco de ser terminado antes da hora. De acordo com informações do canal SporTV, o delegado da partida se irritou e ordenou que a polícia venezuelana tomasse as providências para que o ato de violência terminasse de uma vez por todas.

O árbitro, após autorização do delegado da Conmebol, retomou a partida.

Até o goleiro do Lara foi atingido na primeira etapa

Até o goleiro do Lara foi atingido na primeira etapa

Reprodução/TV

Veja mais em: Libertadores da América e Violência no futebol.

Veja Mais:

  • Romero marcou o único gol da partida de ida; Timão tem vantagem mínima por vaga nas semifinais

    Corinthians tenta afastar crise e se classificar às semifinais da Copa do Brasil; saiba tudo

    ver detalhes
  • Pedrinho (à frente) será titular nesta quarta-feira; Jonathas, opção no banco

    Loss define escalação do Corinthians para decisão contra Chapecoense, mas pode ter baixa

    ver detalhes
  • Ricardo Fischer foi o cestinha da partida com 29 pontos anotados

    Corinthians se impõe no Parque São Jorge e vence a primeira no Paulista de basquete

    ver detalhes
  • Daniel Marcos assinou seu primeiro contrato profissional com o Corinthians

    Ex-Palmeiras, lateral-direito de 16 anos assina contrato profissional com o Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes