Pedras e garrafas paralisam jogo do Corinthians por cerca de 13 minutos na Venezuela

Pedras e garrafas paralisam jogo do Corinthians por cerca de 13 minutos na Venezuela

1.8 mil visualizações 26 comentários Comunicar erro

Cássio reclama dos objetivos atirados dentro de campo

Cássio reclama dos objetivos atirados dentro de campo

Reprodução/TV

O jogo entre Deportivo Lara e Corinthians, na noite desta quinta-feira, na Venezuela, terminou mais tarde do que deveria. Tudo por conta de uma paralisação de mais de dez minutos após objetos serem atirados pela torcida local dentro do gramado.

Pedras e garrafas foram atiradas na direção do goleiro Cássio, que reclamou bastante com o árbitro e um de seus auxiliares. O detalhe é que, no primeiro tempo, quando o goleiro do Lara ocupava o mesmo local, outros objetos foram atirados. E pior: um deles pegou na cabeça do venezuelano, que também reclamou.

O jogo, inclusive, correu risco de ser terminado antes da hora. De acordo com informações do canal SporTV, o delegado da partida se irritou e ordenou que a polícia venezuelana tomasse as providências para que o ato de violência terminasse de uma vez por todas.

O árbitro, após autorização do delegado da Conmebol, retomou a partida.

Até o goleiro do Lara foi atingido na primeira etapa

Até o goleiro do Lara foi atingido na primeira etapa

Reprodução/TV

Veja mais em: Libertadores da América e Violência no futebol.

Veja Mais:

  • Corinthians é o atual vice-campeão da Copa do Brasil

    Com dez possibilidades, Corinthians conhece nesta quinta primeiro rival da Copa do Brasil-2019

    ver detalhes
  • Corinthians de Fábio Carille deve chegar reforçado para temporada de 2019

    Retorno de Carille turbina padrão do Corinthians no mercado da bola; veja listas e compare

    ver detalhes
  • Ramiro tem 25 anos e estava no Grêmio desde 2013

    Negócio entre Corinthians e Ramiro é detalhado por presidente do Grêmio: 'Estamos amarrados'

    ver detalhes
  • Castan negou estar preocupado com competitividade do elenco do Vasco para 2019

    Alvo do Corinthians, Leandro Castan nega preocupação com formação de elenco do Vasco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes