Roger fica na torcida pelo 'fico' de Carille, mas avisa: 'Chance quando aparece tem de pegar'

Roger fica na torcida pelo 'fico' de Carille, mas avisa: 'Chance quando aparece tem de pegar'

2.6 mil visualizações 62 comentários Comunicar erro

Roger falou com os jornalistas na tarde desta segunda-feira no CT

Roger falou com os jornalistas na tarde desta segunda-feira no CT

Foto: Rodrigo Vessoni

A possibilidade de Fábio Carille deixar o Corinthians, como não poderia ser diferente, segue sendo assunto no CT Joaquim Grava. Na tarde desta segunda-feira, o atacante Roger falou mais sobre o treinador do que da cabeçada que se transformou no primeiro gol pelo clube.

O camisa 9 repetiu o discurso da maioria dos seus companheiros, indo na linha de que torce pela manutenção do trabalho de Carille à frente do Timão. Porém, o experiente atacante lembrou que o comandante deve aceitar, sim, caso a oferta do Al-Hilal seja mesmo enviada para seus representantes.

"O Carille tem o grupo na mão, trabalhador, honesto, trata a todos com respeito. Se ele sair seria uma grande perda, perde-se um grande profissional, um excelente técnico, mas acima de tudo uma grande pessoa. Oportunidade de vida nem todos têm, se a chance aparecer tem de pegar. A visibilidade nessa hora é o que menos importa, ele tem família, tem sonhos... fica a minha torcida que ele fique, mas que ele possa ser feliz se aparecer a oferta também", avisou.

Leia também:
Jogadores admitem torcida por permanência de Carille no Corinthians
Carille sobe tom, ataca imprensa, mas confirma sondagem: 'Se chegar proposta, vou pensar'

Roger já atuou no mundo árabe, mas ao contrário do que aconteceria com o treinador, que trabalharia na Arábia Saudita, onde tem uma cultura bem mais fechada, o centroavante atuou pelo Al-Nasr dos Emirados Árabes Unidos.

Questionado se voltaria para algum clube do mundo árabe, o jogador voltou a falar sobre a chance de o treinador deixar o Corinthians.

"Cara, é difícil falar. Eu vivo um momento legal na minha vida profissional, financeira...não sei. Não precisaria ser dois caminhões (risos), mas falando por mim...estou bem agora, minha família está bem. O Carille está bem, um dos mais tops do futebol, é o que eu falo...são chances, se aparecer a chance, pela parte financeira, talvez tenha de pegar", avisou.

Por fim, Roger pediu que todos entendam as declarações de Carille na cidade do Recife de forma normal, algo que todos deveriam fazer de vez em quando,

"Acho que foi um desabafo, que não é dele, é um cara ponderado e tranquilo, que fala pouco. Mas acho que tem horas que precisamos botar para fora alguns sentimentos, algumas ideias, achar que alguns de vocês às vezes passa do ponto não é novidade. Minha torcida é para que ele permaneça, mas as oportunidades no futebol aparecem e às vezes são únicas. Que seja o melhor para todos, mas minha torcida é para que ele permaneça", finalizou.

Veja mais em: Roger e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Corinthians de Jonathas não conseguiu vencer o Cruzeiro nesta quarta-feira

    VAR tem noite terrível, Corinthians é derrotado na Arena e perde título da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Emerson Sheik foi eleito pela Fiel o melhor em campo na derrota do Corinthians para o Cruzeiro

    Mais velho e mais novo do Corinthians são eleitos os melhores da final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deu show à parte na finalíssima da Copa do Brasil

    Torcida do Corinthians dá novo show e 'se salva' em vice da Copa do Brasil; veja repercussão

    ver detalhes
  • Corinthians levou R$ 20 milhões pelo segundo lugar na Copa do Brasil

    Revés para o Cruzeiro na final da Copa do Brasil faz Corinthians perder quase R$ 40 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes