Técnico do Sub-20 do Corinthians analisa vitória no Majestoso e aponta lateral como destaque

Técnico do Sub-20 do Corinthians analisa vitória no Majestoso e aponta lateral como destaque

3.7 mil visualizações 29 comentários Comunicar erro

Dyego Coelho viu o Timãozinho vencer o jogo de ida da final da Copa do Brasil Sub-20

Dyego Coelho viu o Timãozinho vencer o jogo de ida da final da Copa do Brasil Sub-20

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians venceu o primeiro desafio na briga pelo título da Copa do Brasil Sub-20, neste sábado. Os comandados do técnico Dyego Coelho bateram o rival São Paulo por 2 a 1, na Arena em Itaquera, e levam a vantagem de um empate para a finalíssima, no estádio do Morumbi. A decisão acontece no próximo dia 2, às 10h45 (de Brasília).

Para a partida, Coelho escalou um Corinthians diferente dos últimos duelos. O treinador deixou a ideia de colocar um homem-referência em campo, e adotou um sistema 4-2-4 diante do rival. A mudança foi justificada pelo comandante, que ressaltou a necessidade de neutralizar o ataque são-paulino em Itaquera.

Leia também:
Meia-atacante do Sub-20 do Corinthians admite sondagem da Europa; saída pode ser de graça
Lateral do Corinthians comemora gol em final Sub-20, mas avisa: 'Ainda temos 90 minutos'

"Tirei um atacante, coloquei dois meias. Isso faz com que você tenha segurança lá atrás, para duas linhas de quatro, aí você vai mesclando uma saída, pressão e espera um pouco. Isso faz com que o seu adversário não saiba realmente o que você vai fazer, foi aí que a gente conseguiu roubar a bola no primeiro gol. No segundo tempo eu voltei a fazer contra o Botafogo, no jogo da ida, para a gente fechar um pouco mais e ter saída de contra-ataque. Faltou, pecou um pouquinho na última bola, mas estou contente", disse Coelho.

Entre os titulares, apareceu o volante Daniel Marcos, de apenas 16 anos, que foi promovido do Sub-17 para a decisão. A escolha foi vista com bons olhos por Coelho, que celebrou o desempenho do jovem no Majestoso.

"Esse menino vem de um lugar, que é Peri Cachoerinha, e eu conheço bastante. A maioria dos jogadores aqui do Corinthians vem de lugares humildes realmente. Você olha no olho dele e não precisa falar nada, ele vai colocar a camisa e vai vestir. É só orientá-lo, é um menino jovem demais para estar em uma decisão dessa. Eu tenho respaldo muito grande para colocar, e eu não tenho medo de colocar. Eles precisam entender que o Corinthians é assim, aparece do nada as coisas (risos)", completou.

Na escolha do destaque corinthiano no clássico, Coelho foi categórico. "Carlos, meu lateral-esquerdo. Ele é um monstro, não tenha dúvida disso", apontou. O defensor atua na equipe profissional do Corinthians, e "desceu" para o Sub-20 na disputa da Copa do Brasil.

Na preparação para a finalíssima, o treinador alvinegro já sabe o que esperar do rival São Paulo. "Praticamente vai ser a mesma coisa, o time do São Paulo é muito técnico e a gente tentou neutralizar o ponto forte deles. Nós vamos assistir o jogo, pensar melhor no que vai ser feito. Mas antes disso ainda tem o jogo do Paulista, é difícil virar a chavinha. Estamos perto de uma decisão, vamos com calma", encerrou.

Veja mais em: Corinthians Sub-20, Base do Corinthians, Majestoso e Dyego Coelho.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 no fim do primeiro turno

    Cruzeiro só empata, Corinthians mantém posição, mas vê distância para o G6 aumentar

    ver detalhes
  • Fessin anotou o único gol do Corinthians no José Liberatti

    Com goleiro Filipe, Corinthians sai atrás, empata, mas é superado pelo Palmeiras no Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes
  • Time comandado por Arthur Elias conquistou nova vitória na temporada de 2018

    Cacau sai do banco, marca golaço e dá vitória ao Corinthians feminino fora de casa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes