Corinthians joga 'pro gasto', vence a primeira com Loss e já mira liderança do Brasileirão

Corinthians Corinthians 1 x 0 América-MG América-MG

Brasileiro 2018

Corinthians joga 'pro gasto', vence a primeira com Loss e já mira liderança do Brasileirão

35 mil visualizações 664 comentários Comunicar erro

Jadson 'corre pro abraço' ao marcar gol sobre América-MG

Jadson 'corre pro abraço' ao marcar gol sobre América-MG

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Com um empate e duas derrotas nos últimos três jogos, o Corinthians entrou em campo pressionado diante do América-MG na noite desta quinta-feira, feriado de Corpus Christi. Não restava outra alternativa: era vencer ou vencer! E com gol de Jadson, o Timão derrotou os mineiros pelo placar de 1 a 0 na Arena Corinthians, em Itaquera, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

O triunfo, o primeiro da “era Loss”, faz o Corinthians, que iniciara a rodada na sexta colocação, pular para a terceira, agora com 14 pontos. Flamengo, com 17 pontos, e São Paulo, 16, são os únicos à frente do atual campeão nacional.

O único gol do confronto ocorreu aos quatro minutos da etapa complementar. Jadson, tal qual um bom centroavante, ficou com a sobra dentro da área, finalizou de primeira e assegurou a vitória preta e branca em Itaquera, que recebeu 34.921 pagantes.

Veja o gol da vitória corinthiana

Leia também: 300 gols em três anos e invicto há oito meses: técnico fala sobre evolução do Corinthians feminino

Para a partida, o técnico Osmar Loss não contava com uma série de atletas, entre eles os convocados Cássio e Fagner, o suspenso Maycon e os machucados Ángel Romero, Ralf e Clayson – todos considerados titulares.

O jeito foi optar pela formação tática campeã paulista, a 4-2-4, com Rodriguinho e Jadson como homens mais ofensivos. O Corinthians, então, teve a seguinte escalação: Walter, Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Paulo Roberto; Pedrinho, Jadson, Rodriguinho (capitão) e Mateus Vital.

Corinthians escalação América-MG

Corinthians escalação América-MG

Meu Timão

O América-MG, por sua vez, encarava o atual campeão brasileiro com: Jori, Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Giovanni; Juninho, Christian e Serginho; Aylon, Luan e Judivan. No banco de reservas visitante estava Enderson Moreira, de 46 anos de idade.

O próximo compromisso do Corinthians já tem data: domingo que vem. O time do Parque São Jorge visita o Flamengo no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, às 16h, em Clássico das Multidões válido pela nona rodada do Brasileirão.

O jogo!

A missão do Corinthians nesta quinta-feira estava longe de ser fácil: voltar a vencer após três partidas. O técnico do América-MG, Enderson Moreira, também fez o dever de casa e optou por uma formação defensiva na Arena Corinthians, dificultando ainda mais as ações de um Timão pouco inspirado nos primeiros minutos. Em uma das poucas oportunidades cedidas pela defesa adversária, Mateus Vital finalizou de fora da área e levou certo perigo à meta mineira.

A verdade, caro leitor do Meu Timão, é que o Corinthians pouco produziu ao longo da primeira etapa. Com dois volantes de marcação, Gabriel e Paulo Roberto, a equipe de Loss tinha desempenho burocrático e mal dava trabalho aos defensores do América.

Ao mesmo tempo, Paulo Roberto destoava e errava passes curtos em dose extra. O substituto de Maycon inclusive recebeu cartão amarelo após errar domínio considerado fácil e entrar de sola em Judivan.

O único a tentar algo diferente era Pedrinho. O talentoso meia alagoano recebia de costas para a marcação, puxava para o meio e buscava Rodriguinho e Jadson, discretos em função do ajustado posicionamento defensivo do América. O camisa 38 também disparou ao gol americano, mas Jori encaixou com facilidade.

Loss teria trabalho durante o intervalo para corrigir os erros do Corinthians. Segundo Rodriguinho, o principal erro do time estava na lenta saída de bola alvinegra, facilmente marcada pelo oponente de Belo Horizonte.

“Tentar trabalhar a bola um pouco mais rápido, estamos conseguindo manter a posse de bola, mas eles estão muito fechados. É tentar encontrar o último passe para deixar o companheiro em condições de finalizar. Mas vamos tentar melhorar... Vamos conseguir achar nosso gol”, analisou Rodriguinho em declaração ao canal Premiere.

Loss viu um Timão pouco inspirado na primeira etapa

Loss viu um Timão pouco inspirado na primeira etapa

Reprodução/Premiere

Quatro minutos. Tempo suficiente para o Timão furar a retranca do América e inaugurar o placar da Arena. Mateus Vital pegou a sobra de costas para a área e rolou para Gabriel, que chegava de trás. O volante arrematou de longe, contou com desvio e viu a bola cair no pé de Jadson. Cara a cara com Jori, o camisa 10 concluiu com categoria e marcou o primeiro dos corinthianos.

A vantagem, ainda que mínima, deu tranquilidade para Loss mexer na equipe. Júnior Dutra e Roger entraram no decorrer do jogo nos respectivos lugares de Mateus Vital e Pedrinho. Também fez o Timão colocar o pé no freio na Arena, rodar a bola e gastar o tempo. Vencer era fundamental nesta quinta...

Antes dos acréscimos, Wesley, que acabara de deixar o banco, conseguiu receber dois cartões amarelos e ser expulso após forte entrada em Júnior Dutra. A essa altura, com 1 a 0 no placar e um homem a mais em campo, o Corinthians dominava as ações e dava-se a liberdade de buscar o segundo gol.

O segundo tento, como você sabe, não veio. Mas nada que tenha desanimado o corinthiano que compareceu a Itaquera neste feriado. Cirúrgico, o Corinthians “goleou” por um gol e voltou ao G6 do Brasileirão!

Veja mais em: Crônica, Arena Corinthians, Osmar Loss e Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes