Loss contrapõe Rodriguinho, mas admite 'alívio' por vitória e exalta América-MG

34 mil visualizações 79 comentários

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

Loss viu Timão vencer pela primeira vez sob seu comando

Loss viu Timão vencer pela primeira vez sob seu comando

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Depois de duas derrotas, para Millonarios (COL) e Internacional, o Corinthians enfim venceu sob o comando de Osmar Loss. A equipe alvinegra bateu o América-MG na noite desta quinta-feira por 1 a 0, com gol de Jadson. Em entrevista coletiva concedida na Arena Corinthians, o treinador negou que estivesse “ansioso”, como apontou Rodriguinho em declaração na saída do campo.

“Eu não me sentia ansioso, tinha um desejo muito grande para que as vitórias acontecessem. O Corinthians tem o hábito de não ter resultados ruins em sequência. Eles me conhecem há um ano e meio, talvez eu tenha mudado algo no meu jeito que fez ele (Rodriguinho) ter essa percepção”, afirmou Loss.

Fato é que o Corinthians encarou o confronto com bastante seriedade. Todos os jogadores que conversaram com a imprensa depois da partida destacaram que o Timão precisava dos três pontos independentemente do nível de desempenho. Loss, por sua vez, enfatizou que o triunfo traz alívio não só para ele mas para o elenco:

“Todo gol traz alívio, e esse trouxe, porque sabíamos que quanto mais tempo passasse iria gerar inquietação, e ele trouxe alívio, sim”, apontou o comandante alvinegro. “As vitórias sempre ajudam. Quanto mais vitórias, melhor para a gente”.

Foram dois tempos distintos. No primeiro, devido à ajustada marcação do América-MG, o Corinthians pouco produziu. Já na etapa final, o Timão chegou ao gol e viu o time visitante esboçar reação – freada, é bem verdade, pela expulsão do volante Wesley.

Leia também:
Jogadores do Corinthians exaltam importância da primeira vitória na 'era Loss'
Titular em vitória, Mantuan fala pela primeira vez sobre falha no Beira-Rio

Na visão de Loss, o América-MG de Enderson Moreira soube explorar as deficiências do Corinthians, ainda que tenha saído de Itaquera derrotado.

“O desempenho foi equivalente ao que o América nos proporcionou. Usamos triangulações e sempre achamos superioridade numérica. Muita gente para tentar usar o espaço, com muita dificuldade na compactação. Isso que você vê do Corinthians não conseguir realizar o jogo talvez seja em função da qualificação do América dentro do jogo, que trouxe dificuldade para a gente”, completou.

O Corinthians volta a campo já neste domingo, diante do Flamengo, às 16h, no estádio do Maracanã, em duelo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe paulista agora é a terceira colocada, com 14 pontos.

Assista ao gol marcado por Jadson

Veja mais em: Arena Corinthians, Osmar Loss, Rodriguinho e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • André Negão foi um dos principais alvos do protesto

    Torcida do Corinthians faz novo protesto contra a diretoria no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Mário Gobbi apareceu muito mais magro do que quando deixou o clube e mostrou ideias diferentes para a gestão

    Mário Gobbi lança candidatura no Corinthians, prega 'paz' e projeta saneamento de dívidas

    ver detalhes
  • VÍDEO: Mário Gobbi lança candidatura à presidência do Corinthians (2021/23); assista

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians finalizou a primeira semana de treinos com bola neste sábado

    Trio faz trabalho de reatividade e elenco tem atividade técnica no treino deste sábado; veja fotos

    ver detalhes
  • Corinthians conquista Libertadores pela primeira vez em 4 de julho de 2012

    Corinthians batia Boca Juniors e conquistava Libertadores há exatos oito anos; relembre o feito

    ver detalhes
  • Bruno Bertucci e Lulinha atuaram juntos no profissional do Corinthians

    'Famosa geração Lulinha': ex-Corinthians lembra 'Timãozinho 90' e faz comparação com Dentinho

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: