Andrés provoca Palmeiras por possível Dérbi nas quartas da Libertadores; Galiotte responde

Andrés provoca Palmeiras por possível Dérbi nas quartas da Libertadores; Galiotte responde

Por Meu Timão

45 mil visualizações 398 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez tirou onda para cima do presidente palmeirense

Andrés Sanchez tirou onda para cima do presidente palmeirense

Foto: Rodrigo Vessoni/Meu Timão

O sorteio dos duelos das oitavas de final da Copa Libertadores da América, realizado na sede da Conmebol nesta segunda-feira à noite, contou com troca de farpas entre os presidentes Andrés Sanchez, do Corinthians, e Maurício Galiotte, do Palmeiras. E tudo por conta de um eventual Dérbi nas quartas de final do torneio sul-americano.

Leia também:
Rival na Libertadores comete gafe e troca escudo do Corinthians nas redes sociais
Sorteio define Corinthians x Colo-Colo nas oitavas da Libertadores; veja os confrontos

Ao ser questionado sobre a possibilidade de o Corinthians enfrentar o arquirrival no mata-mata da Libertadores, Andrés Sanchez cobrou de Galiotte o fim da choradeira iniciada na ocasião da final do Campeonato Paulista - Palmeiras tenta até hoje anular a decisão estadual alegando a existência de interferência externa em decisão da arbitragem.

"Quem quer ser campeão não pode escolher (adversário). Se o Palmeiras conseguir passar e nós também, vai ser um grande duelo em São Paulo. Vamos ver se não vai ter 'chororô'. O Maurício tem que parar de chorar, já falei com ele agora, já passou, vamos tocar a vida para frente", declarou Andrés Sanchez, em entrevista à Fox Sports.

O presidente palmeirense, também presente no evento da Conmebol, em Luque, no Paraguai, rebateu Andrés Sanchez. Primeiro, disse não ter conversado com o presidente do Corinthians; depois, explicou o porquê de ainda estar batalhando nos bastidores pela anulação da final do Paulistão.

"Ele não falou comigo nada disso (...) Em relação ao 'chororô', conversa do Andrés. Para quem tem tempo para ficar ouvindo o Andrés, tudo bem. O importante é que o Palmeiras defende os interesses do nosso clube. Vamos fazer isso sempre. Quando reivindicamos alguma coisa é porque entendemos que tem algo errado. O Palmeiras vai se defender, sim, porque entende que tem uma irregularidade", afirmou.

Em tempo: Corinthians e Palmeiras enfrentam Colo-Colo (CHI) e Cerro Porteño (PAR), respectivamente, pelas oitavas de final da Libertadores. Se passarem dos gringos, os arquirrivais duelam nas quartas do torneio.

Veja mais em: Dérbi, Libertadores da América e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel está de saída do Corinthians

    Rumo aos Emirados Árabes, Marquinhos Gabriel pode render R$ 17 milhões ao Corinthians

    ver detalhes
  • Pedrinho treinou com bola normalmente nesta sexta-feira

    Pedrinho treina sem limitações e pode voltar ao Corinthians na escalação deste sábado

    ver detalhes
  • Fagner deu entrevista no CT Joaquim Grava e falou sobre a convocação para seleção canarinha

    Fagner comemora volta à Seleção e evita entrar em dividida com a CBF por ausência no Corinthians

    ver detalhes
  • Eduardo Bandeira de Mello reclamou da convocação de jogador do Flamengo

    'Fomos prejudicados', diz Flamengo sobre convocação; Corinthians, porém, também deve ter baixa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes