Última vez que Pedrinho jogou 90 minutos foi sob comando de Loss... No Corinthians Sub-20

Última vez que Pedrinho jogou 90 minutos foi sob comando de Loss... No Corinthians Sub-20

1.4 mil visualizações 28 comentários Comunicar erro

Pedrinho jogou 90 minutos na final da Copinha-2017, entre Corinthians e Batatais

Pedrinho jogou 90 minutos na final da Copinha-2017, entre Corinthians e Batatais

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Muito tem se falado entre torcedores do Corinthians sobre as diferenças de trabalhos (e resultados, até aqui) entre Fábio Carille e Osmar Loss. Mas ao menos uma coisa segue idêntica na equipe profissional do Timão desde os primeiros meses de 2017: o meia-atacante Pedrinho não completa 90 minutos em campo.

Com a camisa profissional do Corinthians, Pedrinho estreou em 19 de março do ano passado, numa rara derrota alvinegra no Paulistão daquele ano, contra a Ferroviária. De lá para cá, soma dois gols em 42 jogos. Em 29 oportunidades, saiu do banco de reservas. Nas outras 13, foi titular, mas acabou sempre substituído.

A última vez que Pedrinho completou 90 minutos em campo numa mesma partida foi na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2017, quando o Timãozinho venceu o Batatais e se consagrou campeão, em 25 de janeiro daquele ano. Uma curiosidade: Osmar Loss, hoje treinador da equipe profissional, era o técnico do Sub-20 do Corinthians na ocasião.

Cabe aqui destacar que Pedrinho foi substituído naquela decisão já nos acréscimos do segundo tempo. Foi no dia 6 de janeiro de 2017, também pela Copinha sob comando de Loss, contra o Operário-MS, a última vez em que o jovem começou como titular e não foi substituído - única vez que isso aconteceu nos nove jogos do Timãozinho no torneio.

Em tempo: desde que assumiu a equipe profissional do Corinthians, Osmar Loss escalou Pedrinho como titular em quatro oportunidades e o tirou de campo no segundo tempo de todas as quatro. Quando começou no banco (contra o Internacional), entrou na etapa final.

Explicações

De acordo com o clube, Pedrinho tem deficiências físicas/nutricionais, que vêm sendo tratadas desde fevereiro do ano passado, quando subiu ao elenco profissional. Por isso o jovem, hoje com 20 anos, não aguentaria de forma saudável ficar 90 minutos em campo.

Por outro lado, pessoas próximas a Pedrinho afirmam que o problema está na forma como o jogador vem sendo utilizado no esquema tático corinthiano - aberto em uma das alas e ajudando os laterais na marcação. O próprio meia-atacante já afirmou que às vezes é substituído sem acusar cansaço e/ou pedir para deixar o gramado.

Veja mais em: Pedrinho, Copinha e Osmar Loss.

Veja Mais:

  • Romarinho, ex-Corinthians, vestirá a camisa 9 em novo clube no Oriente Médio

    Corinthians entra em contato com Al-Ittihad para contratar Romarinho; jogador se pronuncia na Arábia

    ver detalhes
  • Dupla assinou novo contrato até o fim de 2022

    Cássio e Fagner renovam contratos com o Corinthians por mais uma temporada

    ver detalhes
  • Corinthians tem sete marcas estampadas no uniforme em 2019

    Uniforme do Corinthians já vale quase R$ 80 milhões; saiba os valores das sete marcas

    ver detalhes
  • Gabriel ainda não tinha treinado com bola em 2019

    Com duas novidades em campo, Corinthians se reapresenta após estreia do Paulistão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes