Gabriel mantém Corinthians na briga pelo Brasileirão e valoriza Loss: 'Sabemos que vai dar certo'

Gabriel mantém Corinthians na briga pelo Brasileirão e valoriza Loss: 'Sabemos que vai dar certo'

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni

2.3 mil visualizações 60 comentários Comunicar erro

Gabriel foi o entrevistado do dia no CT Joaquim Grava

Gabriel foi o entrevistado do dia no CT Joaquim Grava

Foto: Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Tendo que lidar com desfalques e falta de tempo para treinar, Osmar Loss não teve o início dos sonhos no Corinthians. Os resultados negativos, no entanto, não parecem abalar o ambiente do clube alvinegro. Para Gabriel, por exemplo, a queda na tabela não tirou do Timão a chance de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro - a equipe está dez pontos atrás do líder Flamengo.

"É lógico que dá para pensar em título, foram 11 rodadas e são 38 no campeonato. Ano passado abrimos uma vantagem considerável no primeiro turno. No segundo tropeçamos e as equipes encostaram. O campeonato será decidido nas últimas rodadas, precisamos estar o mais perto possível para almejar o título", disse o volante, em coletiva concedida após o treino desta segunda-feira.

Leia também: Reservas em campo e titulares na academia: Corinthians se reapresenta no CT Joaquim Grava

O discurso do camisa 5 tem ligação direta com a confiança que o grupo parece depositar em Osmar Loss. Mesmo questionado por parte da torcida, o comandante tem sido bastante elogiado pelos jogadores.

"O Loss é um cara muito bom, a gente confia nele. No ano passado mesmo ele ajudou muito o Carille em termos táticos. Ele estudou para isso. É mais a personalidade da pessoa. O Carille é um cara mais tranquilo, calmo, enquanto o Osmar é mais explosivo. Isso é legal. Não é um defeito, é característica do ser humano. A gente sabe que ele vai dar certo", cravou Gabriel.

E nesse processo de consolidação do novo treinador há um momento chave: a parada para a Copa do Mundo. Na coletiva desta segunda, o volante alvinegro voltou a valorizar o período sem compromissos oficiais.

"O Loss terá tempo para trabalhar e implantar sua filosofia. Não será diferente do que vem apresentando, ele vai manter o trabalho do Carille, até porque ele faz parte disso. Mas a equipe precisa ajustar detalhes para as vitórias voltarem a acontecer ou numa situação de jogo saber o que fazer quando estiver ganhando para não sofrer o gol", concluiu.

Nesta terça-feira, vale destacar, o Corinthians faz seu último treino antes de encarar o Bahia, na quarta, às 21h45. Depois da partida contra os baianos, o time entra em recesso e volta a treinar só no dia 25 de junho.

Veja mais em: Gabriel, Osmar Loss e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Pedrinho comemora gol da classificação corinthiana à decisão da Copa do Brasil, diante do Flamengo

    Corinthians deve receber oferta de europeu por Pedrinho, diz agente

    ver detalhes
  • 'Quase herói' contra Cruzeiro, Pedrinho pode ganhar chance como titular diante do Vitória

    Corinthians se reapresenta com reservas e pode ter três mudanças para jogo contra Vitória

    ver detalhes
  • Will Dantas (à dir.) ao lado de Pedrinho, jogador do Corinthians

    Agente volta atrás e nega divergência com Corinthians sobre Pedrinho

    ver detalhes
  • Corinthians terá nove 'finais' no Brasileiro para terminar temporada de forma digna

    Análise: Corinthians demonstra limitações e é vice na Copa do Brasil; equipe liga sinal de alerta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes