Walter se diz aberto a negociações, mas reitera gratidão pelo Corinthians

Walter se diz aberto a negociações, mas reitera gratidão pelo Corinthians

Por Meu Timão

5.6 mil visualizações 90 comentários Comunicar erro

Walter é o titular da meta corinthiana na ausência de Cássio

Walter é o titular da meta corinthiana na ausência de Cássio

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Provável titular do Corinthians no jogo desta quarta-feira à noite contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, Walter disputará seu sétimo jogo na atual edição da competição nacional. De tal forma, como manda o regulamento da CBF, o arqueiro fica impossibilitado de trocar o Timão por outra equipe da Série A ainda em 2018. Nada que impeça o camisa 27 de cogitar sim uma eventual saída do clube do Parque São Jorge.

Em entrevista concedida ao portal GloboEsporte.com e publicada nesta terça-feira, Walter foi questionado sobre possíveis propostas que surjam nos próximos meses - ele tem contrato apenas até o fim do ano que vem e já vem sendo assediado nas últimas temporadas por clubes como Flamengo e principalmente São Paulo.

"A gente está aberto a possíveis negociações, mas meu intuito é ficar o maior tempo que eu conseguir. Tudo que tenho é graças ao Corinthians. Se Deus quiser, vou ficar mais tempo", argumentou o goleiro que já engata sua sexta temporada no clube alvinegro.

"Eu não sei nem o que vou fazer amanhã (risos). Só tenho que trabalhar. Falei disso desde a minha primeira entrevista. O Cássio volta depois da Copa, é um grande goleiro", reiterou.

A presença do amigo e concorrente de posição Cássio no CT Joaquim Grava é obviamente o principal motivo de uma eventual e futura troca de ares de Walter no futebol. O próprio camisa 27, em entrevista concedida mês passado, admitiu que nem mesmo cogita tentar assumir a titularidade neste período em que o Gigante está convocado à Seleção Brasileiro.

E não é para menos: Cássio vive talvez seu melhor momento com a camisa do Corinthians desde que chegou ao clube, em 2012. Não à toa, está no grupo da Seleção que disputará a Copa do Mundo da Rússia nestes meses de junho e julho.

"A gente se falou pouco, até porque tem a diferença de fuso. Ele (Cássio) manda mensagem depois de jogos parabenizando, mas precisamos ganhar (risos). Ele é uma pessoa do bem, ajuda a gente aqui dentro, vamos esperar a volta dele e comemorar o hexa, se Deus quiser", contou Walter.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Walter e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • 'Quase herói' contra Cruzeiro, Pedrinho pode ganhar chance como titular diante do Vitória

    Corinthians se reapresenta com reservas e pode ter três mudanças para jogo contra Vitória

    ver detalhes
  • Will Dantas (à dir.) ao lado de Pedrinho, jogador do Corinthians

    Agente volta atrás e nega divergência com Corinthians sobre Pedrinho

    ver detalhes
  • Corinthians terá nove 'finais' no Brasileiro para terminar temporada de forma digna

    Análise: Corinthians demonstra limitações e é vice na Copa do Brasil; equipe liga sinal de alerta

    ver detalhes
  • Corinthians vem de derrota para o Santos no Brasileirão

    Em seu pior turno na história, Corinthians mira nove finais para evitar tragédia no Brasileiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes