Corinthians bate Ferroviária em casa e dispara na liderança do Brasileirão Feminino

Corinthians Corinthians 1 x 0 Ferroviária Ferroviária

Brasileiro Feminino 2018

Corinthians bate Ferroviária em casa e dispara na liderança do Brasileirão Feminino

7.0 mil visualizações 23 comentários Comunicar erro

Corinthians enfrentou a Ferroviária nesta quarta-feira, pelo Brasileirão Feminino

Corinthians enfrentou a Ferroviária nesta quarta-feira, pelo Brasileirão Feminino

Foto: Thaina Barros / Meu Timão

Nesta quarta-feira, a equipe feminina do Corinthians voltou ao campo do Estádio Alfredo Schürig, a Fazendinha, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da modalidade. Depois de vencer a Ferroviária por 5 a 3 em Araraquara, na última quinta, as corinthianas voltaram a enfrentar as adversárias pelo torneio. E deu Timão de novo! O time de Arthur Elias bateu as rivais por 1 a 0 - gol de Millene.

Com o resultado, o Corinthians se mantém líder do Grupo 1 da competição, com 22 pontos. São três pontos a mais que o vice-líder (e próximo adversário) Iranduba-AM. A equipe de Arthur Elias, vale destacar, segue invicta no Brasileirão com sete vitórias e um empate.

Depois de encarar a Ferroviária, a mulherada do Corinthians viaja para Manaus, no Amazonas, onde enfrenta o Iranduba no próximo dia 5 de julho. A partida é válida pela nona rodada do Brasileirão Feminino, realizada às 21h (de Brasília), na Arena Amazônia.

Como foi o jogo, Meu Timão?

A partida se mostrou equilibrada já nos minutos iniciais, com um Corinthians neutralizando o ataque adversário, mas sofrendo para criar. A primeira chance alvinegra veio com um passe longo para Nenê, que acabou seguindo para a linha de fundo. Na sequência, Adriana apareceu na área e acabou derrubada. O lance foi considerado normal pela arbitragem. As corinthianas seguiram atacando, mas um toque de letra para o gol acabou nas mãos da goleira da Ferroviária.

As rivais tentaram responder às investidas do Timão, mas Paulinha se posicionou bem e impediu o avanço. Cacau então tentou um toque para Adriana, de frente para a goleira, que acabou desviada. Em um contra-ataque, a Ferroviária conseguiu uma falta próxima da área. Yasmim desviou e, no rebote, Lelê agarrou o perigo. O duelo seguiu morno, com poucas chances claras para ambos os lados.

Já aos 30 minutos de jogo, uma arrancada de Millene acabou nos pés de Gabi Zanotti, na entrada da área. A camisa 10 foi derrubada e o Corinthians conquistou uma chance de abrir o placar na bola parada. O chute de Yasmim, contudo, parou na barreira. Mesmo com as tentativas alvinegras, que dominaram o primeiro tempo, a partida seguiu para o intervalo sem gols marcados.

No segundo tempo, a primeira chance ao gol foi da Ferroviária. A equipe ganhou uma bola parada, perto da linha de escanteio, que a goleira Lelê espalmou para longe. O Corinthians respondeu com uma arrancada de Grazi, que tocou com Cacau. No momento do cruzamento, porém, a zaga rival mandou para a linha de fundo. As meninas seguiram pressionando na cobrança de escanteio, que quase terminou em gol olímpico de Adriana.

Corinthians sofreu com a retranca da Ferroviária no duelo desta quarta

Corinthians sofreu com a retranca da Ferroviária no duelo desta quarta

Thaina Barros / Meu Timão

A partir daí, o jogo ficou truncado. O Corinthians avançava e era parado por inúmeras faltas do rival. Gabi Zanotti ainda teve a chance de abrir o placar em uma bola parada perto da área, que acabou nas mãos da goleira da Ferroviária. Pressionando o rival, o Timão chegou ao ataque mais uma vez em uma bola invertida para Cacau.

O cruzamento para a área, mais uma vez, foi desviado para a linha de fundo. Momentos depois, Adriana teve outra chance clara na sequência, mas errou no passe e deu de graça para a goleira. A pressão surtiu efeito já nos minutos finais do segundo tempo, com um belo chute de Millene, que abriu o placar para o Timão. A atacante ainda teve outra chance de balançar a rede, e acertou a trave.

Se liga na escalação!

Corinthians: Lelê; Paulinha (Katiusca), Mimi, Pardal e Yasmim; Grazi, Gabi Zanotti, Nenê e Cacau; Millene (Dianny) e Adriana
Técnico: Arthur Elias

Veja mais em: Corinthians feminino.

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes