Pedrinho ressalta Loss, garante disposição para atuar 90 minutos e fala sobre títulos

Pedrinho ressalta Loss, garante disposição para atuar 90 minutos e fala sobre títulos

Por João Pedro Izzo e Rodrigo Vessoni

3.1 mil visualizações 30 comentários Comunicar erro

O garoto Pedrinho participou do jogo-treino contra o São Caetano, no CT

O garoto Pedrinho participou do jogo-treino contra o São Caetano, no CT

Foto: Rodrigo Vessoni/ Meu Timão

O garoto Pedrinho, autor do gol de empate diante do Cruzeiro por 2 a 2, em amistoso realizado na noite desta quarta-feira, na Arena Corinthians, concedeu coletiva após a disputa de jogo-treino nesta quinta-feira contra o São Caetano, vencido pelo Timão 1 a 0.

Comandado de Osmar Loss atualmente, Pedrinho e o técnico do Timão já trabalharam juntos na base. Em 2017, ambos foram campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Tendo em vista essa parceria, Pedrinho tratou de valorizar Loss e torcer pela continuidade do treinador. Além disso, o meia destacou o período de recesso que o Timão teve para se preparar melhor para as disputas do segundo semestre.

"Eu, particularmente, conheço bastante o Osmar, desde a base. Sei da filosofia dele. É quase igual a do Carille, mas claro, com ele impondo a opinião dele, o jeito que ele gosta que a gente jogue. Esse recesso foi bom para gente ver e treinar o que ele quer para a gente, para evoluirmos e mostrarmos um bom futebol", comentou.

Leia também:
Pedrinho celebra fim de 'jejum' no Corinthians e se diz emocionado com carinho da Fiel
Sheik volta a ser ausência no CT e Ralf ganha data de retorno aos treinos; Mantuan será reavalidado
Com gol de Jonathas e três retornos, Corinthians vence São Caetano em jogo-treino

Outro assunto de preocupação da torcida é a capacidade de Pedrinho terminar os jogos em campo. Em boa parte das partidas realizadas pelo camisa 38, o jogador foi substituído, ou mesmo iniciou as disputas a partir do banco de reservas. O garoto demonstrou maturidade e tratou de deixar a torcida corinthiana tranquila.

"Eu fico tranquilo em relação a isso. Antigamente, eu sabia que não era possível, mas hoje me sinto bem tranquilo para jogar os 90 minutos. Antes da pausa para a Copa do Mundo, pude jogar dois ou três jogos nos 90 minutos. Então, essa preocupação é passado e o tempo que ele (Osmar Loss) me colocar em campo, eu vou responder a altura", assegurou.

Vale ressaltar que o Corinthians disputa três competições no segundo semestre: Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores. Sobre isto, Pedrinho, sincero, destacou a distância do Timão para o líder Flamengo no Brasileirão, além das chances do Corinthians nas demais disputas, mas disse também que não houve conversa sobre qual competição deverá ser priorizada. No entanto, garantiu que o planejamento será feito de acordo com cada jogo e a partir do que a comissão técnica definir.

"Isso não foi conversado, sobre qual deveríamos priorizar. Sabemos que (no Brasileirão) estamos a dez pontos do Flamengo, e a Copa do Brasil e a Libertadores é mata-mata, e podemos nos classificar jogo a jogo. Claro, que isso vai dos jogos no decorrer do campeonato. O que a comissão técnica e os jogadores priorizarem, nós vamos estar fazendo pelo melhor do clube", encerrou.

Veja mais em: Pedrinho, Osmar Loss e Treino do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians jogou bem, mas não conseguiu sair vitorioso neste domingo

    Corinthians sofre gol impedido, reage no segundo tempo e fica no empate com o Internacional

    ver detalhes
  • Danilo Avelar foi eleito o pior corinthiano em campo pela Fiel

    Novidade de Jair Ventura é enaltecida pela Fiel; lateral rouba cena e é eleito pior em campo

    ver detalhes
  • Mateus Vital fez bom jogo diante do Internacional neste domingo

    Análise: Corinthians reage após gol impedido e consegue empate contra o Internacional

    ver detalhes
  • Time comandado por Jair Ventura segue distante dos grupo de classificados para a próxima Libertadores

    Corinthians ganha posição após empate, mas já sabe que termina rodada em oitavo; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes