Volante do Corinthians volta a falar grosso e reafirma: 'Brigamos pelos três títulos'

19 mil visualizações 75 comentários

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

Gabriel conversou com a imprensa na véspera do clássico Majestoso

Gabriel conversou com a imprensa na véspera do clássico Majestoso

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Saídas, novo técnico, desempenho recente pouco convincente... Esses são alguns dos fatores que fazem parte da imprensa especializada (e até torcedores corinthianos) tirar o Corinthians da briga por títulos no segundo semestre de 2018. Entretanto, para o volante Gabriel, o Timão reúne qualidades para tentar vencer os três torneios que tem pela frente: Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Libertadores da América.

Em entrevista coletiva concedida após o treinamento desta sexta-feira, véspera do clássico contra o São Paulo, Gabriel foi questionado se acredita que o Corinthians pode repetir o feito de 2017, quando cresceu de produção e conquistou o Paulistão e o Brasileirão sob o comando de Fábio Carille, que assumira a equipe no início da mesma temporada.

“Mantenho sim. Até porque confio muito no Corinthians e nos jogadores que aqui estão. Jogar contra o Corinthians é difícil. Quem vem jogar contra nós vai respeitar a nossa camisa”, afirmou Gabriel no CT Joaquim Grava.

O volante repetiu o discurso adotado por ele em março do ano passado, antes das finais do Estadual. Na época, rendeu elogios ao trabalho desempenhado por Carille e colocou o Timão na briga por títulos. Em véspera de Majestoso, ele pediu respeito ao elenco:

“O Corinthians merece um pouco de respeito pelo que vem fazendo. Nos últimos dez anos, é quem mais ganhou títulos no Brasil. Não posso cravar que seremos campeões, mas vamos brigar para conquistar os títulos”, resumiu.

Leia também:
Com titulares ainda em recuperação, Loss não confirma equipe para Majestoso; Clayson treina
Douglas revela inspiração em Paulinho e se apresenta à torcida do Corinthians

“Eu também estou feliz com os últimos jogos. Estou retomando minha confiança. O Rodriguinho, quando está bem, pode fazer a diferença para nós. Ficamos felizes por ele. Estou me sentindo bem com esse tempo para poder treinar. Treinos físicos e táticos contam muito. Isso pode ser um dos fatores para crescermos individualmente”.

O Corinthians encara o São Paulo neste sábado, às 21h, no Morumbi, pela 14ª rodada do Brasileirão. Veja aqui a possível equipe de Osmar Loss para o clássico, o primeiro do Timão pós-Copa da Rússia.

Veja mais em: Gabriel, Majestoso, CT Joaquim Grava, Campeonato Brasileiro, Libertadores da América e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Jô durante duelo com Atlético-MG, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians sucumbe no segundo tempo e perde de virada para Atlético-MG na estreia do Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô marcou o primeiro gol do Corinthians diante o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Jô fica com melhor avaliação em noite de médias baixas no Corinthians; lateral beira o zero

    ver detalhes
  • Tiago Nunes reclamou até de um pênalti que Ruan Oliveira teria sofrido no final do jogo

    Tiago Nunes vê Corinthians desgastado, reclama de pênalti e lamenta chance perdida para fazer 3 a 0

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira comemorou sua estreia pelo Corinthians nesta quarta-feira

    Gabriel Pereira comemora estreia pelo time profissional do Corinthians: 'Um sonho de criança'

    ver detalhes
  • Arana e Michel Macedo no duelo entre Corinthians e Atlético Mineiro

    Torcida do Corinthians lamenta derrota no Brasileirão e destaca falta de opções entre os reservas

    ver detalhes
  • Araos anotou o segundo gol do Corinthians contra o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Com gol de Araos, 11 jogadores já marcaram pelo Corinthians na temporada; veja lista

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: