Andrés Sanchez recebe conselheiros, esmiúça cobranças e anuncia déficit mensal menor

76 mil visualizações 495 comentários

Andrés recebeu conselheiros oposicionistas em sua sala no Corinthians nesta quarta

Andrés recebeu conselheiros oposicionistas em sua sala no Corinthians nesta quarta

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Andrés Sanchez prometeu e cumpriu. O presidente do Corinthians recebeu cerca de dez conselheiros em sua sala na sede social do Parque São Jorge nesta quarta-feira. A conversa com os representantes de diversas chapas oposicionistas durou em torno de 1 hora e 30 minutos, segundo apurou o Meu Timão.

A reportagem conversou com um dos presentes na conversa, que relatou um clima de tranquilidade e um Andrés disposto a esclarecer as dúvidas sobre todos os assuntos ligados ao clube.

Na conversa, o presidente do Corinthians informou que o déficit mensal caiu de R$ 8 milhões para 5 milhões mensais. Isso foi possível com o dinheiro que entrou da venda dos jogadores, já na provisão feita para o final do ano.

De acordo com o presidente do Corinthians aos conselheiros, segue a busca do patrocinador máster. O mandatário ainda explicou que a decisão de romper com a Caixa Econômica Federal no início do ano passado foi motivada por dois fatores: a tentativa de diminuir o valor do acordo e a obrigatoriedade de dar exclusividade à logomarca do banco no uniforme.

Andrés afirmou ainda que não há mais oferta oficial para jogadores do Corinthians, além de desmentir os boatos das redes sociais de que Fagner e Romero estão vendidos. O mandatário ainda garantiu aos conselheiros que deseja contratar mais três atletas para o segundo semestre – o paraguaio Sergio Diaz é um deles.

Leia também:
Presidente da comissão eleitoral descarta possível fraude nas eleições do Corinthians
Andrés Sanchez nega desmanche, mas diz que quer evitar novas saídas

Em relação à Arena Corinthians, o presidente corinthiano reafirmou que segue o desejo pelos naming rights e a busca por um novo acordo com a Caixa Econômica Federal para o pagamento das parcelas junto ao BNDES. Andrés deu a entender ainda que a Omni poderá sair do clube até o fim desta temporada.

Por fim, Andrés garantiu a todos os presentes que o clube sempre estará aberto aos questionamentos dos conselheiros, inclusive colocou todos os contratos de todos os departamentos à disposição de todos.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Parque São Jorge e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Luan ainda não convenceu a torcida do Corinthians

    Tiago Nunes banca Luan como titular do Corinthians após ausência em estreia no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô durante duelo com Atlético-MG, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians sucumbe no segundo tempo e perde de virada para Atlético-MG na estreia do Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô marcou o primeiro gol do Corinthians diante o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Jô fica com melhor avaliação em noite de médias baixas no Corinthians; lateral beira o zero

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira comemorou sua estreia pelo Corinthians nesta quarta-feira

    Gabriel Pereira comemora estreia pelo time profissional do Corinthians: 'Um sonho de criança'

    ver detalhes
  • Arana e Michel Macedo no duelo entre Corinthians e Atlético Mineiro

    Torcida do Corinthians lamenta derrota no Brasileirão e destaca falta de opções entre os reservas

    ver detalhes
  • Trio foi chamado a entrar quando o placar já estava em 3 a 2 - aí já era tarde

    Análise: Corinthians não soube aproveitar vantagem, levou virada em Minas e podia ter sido goleado

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: