Andrés Sanchez afirma que Corinthians não precisa vender mais jogadores e projeta reposições

Andrés Sanchez afirma que Corinthians não precisa vender mais jogadores e projeta reposições

Por Thaina Barros e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

26 mil visualizações 171 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez comentou as saídas do Corinthians e projetou reposições

Andrés Sanchez comentou as saídas do Corinthians e projetou reposições

Foto: Rodrigo Vessoni / Meu Timão

O Corinthians está sendo "remontado" pela diretoria neste segundo semestre de 2018, após perder peças importantes nesta janela de transferência. No último mês, o elenco perdeu o meia Rodriguinho, o volante Maycon, o lateral-esquerdo Sidcley e o zagueiro Balbuena. Durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira, o presidente do clube, Andrés Sanchez, garantiu que as saídas não foram concretizadas por uma má situação financeira e sim, por vontade dos jogadores.

"Não queremos vender ninguém, não precisamos vender ninguém, mas se o jogador não quer ficar, eu não quero um jogador descontente", disse o mandatário em entrevista ao lado da diretoria no CT Joaquim Grava. "O Corinthians não está vendendo jogador para fazer caixa, não precisa vender. O Corinthians tem dificuldades, mas não está nada desesperador", completou.

Leia também: Corinthians admite lentidão por máster e ironiza sobre naming rights: 'Incompetência nossa'

As negociações recentes do Corinthians superaram o valor total de R$ 71 milhões, que será dividido entre investidores e outros clubes, além dos próprios atletas transferidos e seus agentes. Sendo assim, o clube do Parque São Jorge terá o montante de R$ 57,6 milhões a ser recebido na atual janela de transferências - que segue aberta até o dia 15 de agosto.

A última transferência concretizada pelo Timão foi a de Rodriguinho, que seguiu para o Pyramids, do Egito. Pela transação, o Corinthians irá receber 4 dos 6 milhões de dólares pagos pelo clube egípcio (cerca de R$ 15,1 milhões). Andrés deu detalhes sobre a saída do meia.

"O Rodriguinho recebeu uma proposta antes e não ficou feliz. Agora veio uma proposta boa, e ele foi. O Corinthians perdeu comissão técnica, atletas, e continuamos montando boas equipes, e dessa vez não vai ser diferente. Perdemos nove da comissão técnica e estamos remontando tudo de novo. Temos que virar a chavinha", ponderou o presidente.

"O time de futebol sempre foi a prioridade e vai ser sempre. Os rivais podem ficar preocupados porque vamos ser competitivos. Eu não admito pagar 600 mil reais para treinador, não admito 1 milhão para jogador. Eu não faço isso. Eu não vou sair daqui dois anos e deixar a conta aí", completou.

Leia também: Diretor do Corinthians revela ofertas recusadas por dupla de zaga e fala sobre novos reforços

Até o momento, o Corinthians já contratou três novos jogadores para o elenco: o lateral-esquerdo Danilo Avelar (emprestado pelo Torino-ITA), o centroavante Jonathas (emprestado pelo Hannover 96-ALE) e o volante Douglas, ex-Fluminense. A equipe está perto de contratar o paraguaio Sérgio Diáz, do Real Madrid, que chegou ao Brasil nesta quinta-feira.

Quanto as reposições para a zaga e o meio-campo, Andrés Sanchez se mostrou sem grandes preocupações. "Do Balbuena, estamos satisfeitos com zagueiros. Do Rodriguinho não estamos desesperados, mas estamos buscando jogadores jovens no mercado para crescer aqui no Corinthians", encerrou.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Mercado da bola e Contratações do Corinthians.

Veja Mais:

  • Thiaguinho deve ser titular do Corinthians neste sábado

    Sem Jadson, provável escalação do Corinthians tem três mudanças para encarar Vasco

    ver detalhes
  • Cerca de 300 torcedores na porta do CT Joaquim Grava na tarde desta sexta-feira

    Organizada do Corinthians grita contra Andrés e se reúne com jogadores, diretoria e Jair

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez volta da Europa neste domingo, com chegada ao Brasil no dia seguinte

    Presidente do Corinthians já tem data para retorno da Europa; otimismo por reforços na bagagem

    ver detalhes
  • Cássio é homem de confiança do técnico Jair Ventura

    Corinthians não cai, Cássio? Capitão se posiciona sobre declaração de Jair Ventura

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes