Com novo posicionamento de Romero e liberdade de Pedrinho, Corinthians ganha 'cara' com Osmar Loss

Com novo posicionamento de Romero e liberdade de Pedrinho, Corinthians ganha 'cara' com Osmar Loss

Por João Pedro Izzo

5.0 mil visualizações 54 comentários Comunicar erro

Osmar Loss vem conseguindo melhorar o desempenho após a parada da Copa do Mundo

Osmar Loss vem conseguindo melhorar o desempenho após a parada da Copa do Mundo

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Todo torcedor acompanhou o difícil início de Osmar Loss no comando do Corinthians. Antes da parada da Copa do Mundo da Rússia, foram sete jogos, com uma vitória, dois empates e quatro derrotas. Porém, com tempo para trabalhar durante a intertemporada, o comandante alvinegro comandou a equipe em três amistosos, com duas vitórias e um empate.

Apesar da boa 'volta' da equipe, ainda restava desconfiança por grande parte da torcida, que ansiava por resultados em jogos oficiais. Desde que o Corinthians voltou para à disputa do Brasileirão, a campanha é satisfatória: são três vitórias em quatro jogos. A equipe, inclusive, é a que detém a maior pontuação no Brasileiro, juntamente do São Paulo, desde a volta da competição.

Leia também: Corinthians chega ao seu 18º reforço na temporada; relembre todas as contratações

Em contraste com os bons resultados nos últimos jogos, a Fiel viu quatro titulares do alvinegro se despedirem do clube: Maycon, Sidcley, Balbuena e Rodriguinho. Osmar Loss teve que trabalhar com o que tinha disponível no elenco, além dos reforços de Jonathas, Danilo Avelar e Douglas. Os dois últimos figuram no time titular mesmo com pouco tempo no Corinthians, enquanto Jonathas está lesionado.

Mas, como montar um time sem quatro titulares recém-negociados, com Roger e Jonathas (opções como centroavantes) lesionados, reforços se adaptando e desconfiança de parte da torcida?

Osmar Loss vem mostrando como se virar diante da situação em que se encontra. O Meu Timão fez uma análise dos principais pontos positivos da equipe nos últimos jogos.

Romero 'centroavante'

Talvez a principal mudança - positiva - do Corinthians nos dois últimos duelos tenha sido a nova função em campo do atacante Romero. Habituado a jogar nas pontas, sobretudo na direita, como dito pelo próprio Osmar Loss, o paraguaio atuou mais como referência nos jogos contra Cruzeiro e Vasco. Anteriormente, contra Botafogo e São Paulo, Roger e Jonathas foram os centroavantes do Corinthians, mas ambos se lesionaram.

Em virtude da necessidade, Loss encontrou Romero como opção 'caseira' para atuar na posição. Contudo, o camisa 11 desempenhou papel semelhante ao de centroavante. Semelhante, pois Romero não é sempre usado como referência ao longo da partida, se colocando na área em algumas ocasiões e se movimentando pelos lados, sobretudo pela direita, em outros momentos.

De qualquer forma, no novo posicionamento, o paraguaio vem se dando bem: são cinco gols nos últimos dois jogos. Em compromissos anteriores, Ángel já havia marcado no amistoso diante do Cruzeiro, vencido por 2 a 0 no Mineirão, e diante do Botafogo, em vitória por 2 a 0 na Arena Corinthians. Nestas ocasiões, o paraguaio atuou mais pela direita.

Romero aparece como legítimo centroavante para pegar rebote em gol contra Cruzeiro

Romero aparece como legítimo centroavante para pegar rebote em gol contra Cruzeiro

Reprodução / YouTube

Maior liberdade para Pedrinho

O Xodó da Fiel, Pedrinho, vinha sempre sendo pedido pela torcida para atuar na equipe titular do Corinthians. Com boa sequência entre maio e junho, Pedrinho acabou voltando para o banco de reservas nos amistosos durante a Copa do Mundo e, mesmo com a saída de Rodriguinho, o jovem continuaria figurando a partir do banco de suplentes.

Porém, o acaso acenou para o camisa 38: após a lesão de Jonathas, Loss decidiu dar nova chance a Pedrinho, que mudou a cara da partida diante do Cruzeiro, além de ter sido autor de assistência contra o Vasco. Colocado na direita contra estes adversários, como habituado, Pedrinho teve, no entanto, mais liberdade para atuar pelo meio de campo.

Em algumas ocasiões, o garoto teve mais oportunidades de adentrar a faixa central do campo e se aproximar de Jadson. A mudança tem sido benéfica e vem garantindo mais poder de criatividade a Pedrinho e ao Corinthians.

O jovem Pedrinho foi titular contra o Vasco, pelo Brasileirão, no estádio Mané Garrincha

O jovem Pedrinho foi titular contra o Vasco, pelo Brasileirão, no estádio Mané Garrincha

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Volta ao 4-2-4?

Depois da boa fase do esquema 4-2-4, que não tinha a presença de um centroavante, usado, em boa parte do primeiro semestre de 2018, Osmar Loss sinalizou a presença do 4-2-3-1, esquema com um jogador de referência, para a sequência de trabalho.

Mesmo com a contratação de Roger e Jonathas, ambos se encontram lesionados e o treinador ficou com poucas opções. Embora não confirmado oficialmente por Loss, a equipe do Corinthians vem se comportando, em alguma ocasiões da partida, no esquema 4-2-4. Observe o posicionamento do ataque na imagem abaixo:

m

Reprodução / YouTube

Na imagem, Clayson pela esquerda, Jadson e Pedrinho no meio e Romero pela direita formam o quarteto ofensivo. Pedrinho vem tendo mais liberdade pelo meio e usado para puxar contragolpes, enquanto Romero figura na direita para auxiliar na recomposição.

Em fase ofensiva, o Corinthians varia seu posicionamento de acordo com as situações de jogo, tendo Romero como referência e Pedrinho na direita em alguns momentos. Esta variação vem privilegiando o sistema de criação do alvinegro, visto que Jadson tem em Pedrinho um parceiro no meio de campo para ajudar a armar a equipe, enquanto Romero mostra bom poder de recomposição e ainda encontra fôlego para definir as jogadas de gol.

De qualquer forma, Osmar Loss destacou as variações do elenco e celebrou as opções de ataque. O treinador corinthiano, portanto, vem encontrando maneiras de fazer sua equipe jogar paralelamente às perdas que o Corinthians sofreu (e ainda pode sofrer) na janela de transferências.

Se Osmar Loss vai conseguir levar o Timão às glórias que a Fiel deseja, só o futuro dirá. Entretanto, o balanço nos últimos jogos é positivo e existe esperança para que o Corinthians possa voltar a render como o torcedor espera.

Em busca de continuar a boa escrita recente, o Corinthians tem outro desafio nesta quarta-feira, quando recebe a Chapecoense, às 21h45, na Arena Corinthians, em compromisso válido pelas quartas de final da Copa do Brasil 2018.

Veja mais em: Osmar Loss, Romero, Pedrinho e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Pedrinho recebeu oferta informal de 25 milhões de euros em julho

    Corinthians recusou contratações e contas no azul por Pedrinho antes de procura do Real Madrid

    ver detalhes
  • Mateus Vital comemora gol da vitória sobre o Vasco, ex-clube

    Veja a posição do Corinthians ao término da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez retornou ao Brasil após viagem à Europa por reforços

    De volta da Europa, Andrés Sanchez indica reforços e nega possível saída de Pedrinho do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians afirma que cadeiras da Arena foram quebradas por torcedores do Vasco

    Após vandalismos na Arena, Corinthians faz balanço de estragos e vai pedir ressarcimento ao Vasco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes