Empresário de Pedrinho nega propostas, mas faz alerta sobre momento financeiro do Corinthians

Empresário de Pedrinho nega propostas, mas faz alerta sobre momento financeiro do Corinthians

Por Meu Timão

65 mil visualizações 232 comentários Comunicar erro

Empresário espera que Pedrinho não faça as malas tão cedo para deixar o Corinthians

Empresário espera que Pedrinho não faça as malas tão cedo para deixar o Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nesta quinta-feira, a notícia de que o Paris Saint Germain estaria disposto a pagar a multa de Pedrinho mexeu com os ânimos da torcida do Corinthians. Apesar da aflição de alguns alvinegros, a situação do garoto já parece mais tranquila com relação a uma possível saída. Segundo seu empresário Will Dantas, o clube francês não fez qualquer tipo de consulta pelo camisa 38.

"Não tem nada. O que aconteceu foi: eu estava descendo para a praia e recebi uma ligação de um jornalista do L'Equipe (jornal francês que noticiou o interesse do PSG) me indagando se tinha chegado algum contato do PSG. Fui bem enfático. Para mim não chegou nada. Giuliano Bertolucci é um parceiro meu, está na Europa e não recebeu nada", explicou, em entrevista ao PodcasTIMÃO.

Em coletiva concedida após o treino da sexta-feira, Pedrinho comentou o possível interesse dos franceses em seu futebol. Querendo se consolidar no Timão, o garoto reforçou o interesse de permanecer no CT Joaquim Grava. E essa não é uma vontade exclusiva do garoto.

Leia também:
Corinthians acerta contratação de Érika, da Seleção Brasileira
Com prováveis mudanças na escalação, Corinthians recebe Atlético-PR na noite deste sábado

"Pensando em uma carreira sólida, eu não acho que seja o momento de sair do Corinthians, independente do clube que vá. Porque não adianta ir para um Real Madrid, Barcelona ou PSG e os caras emprestarem para um clube pequeno. Eu acho que o Pedrinho precisa de mais cancha, jogar mais no Corinthians e se solidificar", opinou o empresário do atleta.

Apesar da vontade de todas as partes de permanecer, um fator pode acabar pesando para uma eventual negociação da joia do Terrão: o momento delicado dos cofres alvinegros. Na visão do agente, o clube dificilmente recusaria alguma proposta no valor da multa - são 50 milhões de euros (cerca de R$ 214 milhões).

"Acho que o Corinthians pensa a mesma coisa que eu (que ele tem que ficar). Mas, como o Corinthians não está atravessando um momento financeiro muito bom, acho que se chegarem a pagar a multa, vai ser vendido. Acho muito difícil recusarem, até pela carreira do menino também", concluiu.

Veja mais em: Pedrinho e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Ramiro está confirmado na equipe titular do técnico Fábio Carille

    Com seis reforços, Corinthians relaciona 21 jogadores para estreia no Paulistão; veja lista

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians terá que comprar ingressos para assistir à semifinal da Copinha em 2019

    Jogo do Corinthians pela semifinal da Copinha terá venda de ingressos; veja como comprar

    ver detalhes
  • Diretoria do Corinthians vem anunciando novidades na camisa alvinegra neste mês de janeiro

    Corinthians fecha patrocínio de dois anos para barra traseira da camisa

    ver detalhes
  • Oya já soma sete gols na atual edição da Copinha; é o artilheiro do Corinthians no torneio

    Artilheiro e própria Fiel ganham repercussão entre corinthianos após nova vitória na Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes