Só dois titulares do Corinthians têm idade superior à média do Colo-Colo; diferença é de cinco anos

2.9 mil visualizações 28 comentários

Por Meu Timão

Jadson é o nome mais experiente do provável 11 inicial de Osmar Loss

Jadson é o nome mais experiente do provável 11 inicial de Osmar Loss

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Antes mesmo de entrar em campo nesta quarta-feira, às 21h45, o Corinthians já sabe que tem uma pequena desvantagem contra o Colo-Colo: a experiência. Rodado, o time chileno tem um elenco cinco anos mais velho que o de Osmar Loss.

Do lado alvinegro, a média de idade é de 26 anos e seis meses, enquanto os jogadores da equipe mandante têm, em média, 31 anos e oito meses.

Para ilustrar ainda mais essa disparidade, cabe ressaltar que apenas dois jogadores do provável time titular do Corinthians superam a idade média dos chilenos: o zagueiro Henrique, que está com 31 anos e dez meses; e o meia Jadson, mais experiente da equipe, que já tem 34.

No banco de reservas para a partida, os atacantes Emerson Sheik, com 39, e Roger, com 33, também estão acima da média do Colo-Colo.

Leia também:
Em desembarque, Cássio prioriza resultado e pede maturidade para o Corinthians na Libertadores
Corinthians volta ao Chile pelo terceiro ano consecutivo; relembre os triunfos anteriores
Técnico brasileiro que enfrentou o Colo-Colo disseca adversário do Corinthians na Libertadores

Cássio, vale destacar, tem 31 anos e um mês, ficando pouco abaixo da média adversária. Ciente da juventude do elenco, inclusive, o arqueiro destacou a importância do amadurecimento rápido da equipe assim que desembarcou no Chile.

A questão da experiência também fica clara quando três dos 11 titulares do Timão tendem a fazer sua estreia em um jogo de Libertadores nesta quarta-feira: caso dos jovens Pedro Henrique e Douglas e do mais rodado Danilo Avelar, que fez carreira na Europa.

A alta média de idade da equipe já tinha sido destacada pelo técnico Vinícius Eutrópio em entrevista ao Meu Timão. Ex-comandante do Bolívar, o brasileiro encarou o Colo-Colo duas vezes nesta edição da Libertadores e alertou para o fator emocional do adversário do Corinthians. O lado positivo pode ser o cansaço - Eutróprio destacou a queda física dos chilenos na etapa final das partidas.

Veja mais em: Jadson, Henrique e Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Léo Natel jogou emprestado no futebol do Chipre

    Léo Natel inicia bateria de exames e já tem data limite para ser anunciado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Situação de Cantillo não preocupa o Corinthians

    Presidente do Corinthians garante pagamento no prazo e afasta chances de saída de Cantillo

    ver detalhes
  • Neto conversou com a reportagem do Meu Timão nesta segunda-feira

    Ao Meu Timão, Neto indica ponto positivo na gestão de Andrés e valoriza homenagens do Corinthians

    ver detalhes
  • O Corinthians é o time do povo, mas exatamente de que povo?

    [Mayara Munhoz] O Corinthians é o time do povo, mas exatamente de que povo?

    ver detalhes
  • Tiago Nunes e sua comissão técnica podem levar os atletas novamente à Arena Corinthians para treinamentos

    Comissão técnica do Corinthians prepara ações para minimizar estádios sem presença de público

    ver detalhes
  • Banco BMG deve mudar as cores de seu logo no novo uniforme do Corinthians

    Patrocinador desafia torcida do Corinthians e condiciona logotipo preto e branco a novas contas

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: