Jô não se surpreende com 'goleador Romero' e fala sobre possível volta ao Brasil

Jô não se surpreende com 'goleador Romero' e fala sobre possível volta ao Brasil

Por Meu Timão

9.0 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

Jô formou vitoriosa dupla de ataque com Ángel Romero ao longo de 2017

Jô formou vitoriosa dupla de ataque com Ángel Romero ao longo de 2017

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Jô está de bem com a vida no Japão. Ainda que o Nagoya Grampus lute contra seu pior momento na atual temporada (é o lanterna do Campeonato Japonês), o centroavante ex-Corinthians está feliz e bem adaptado à cultura do país. Nada, porém, que impeça o último artilheiro do Brasileirão de acompanhar o clube do coração, mais especificamente o atacante que vem desequilibrando a favor do Timão: Ángel Romero, autor de sete dos último nove gols da equipe.

“Eu tenho acompanhado. Tenho um grupo no WhatsApp que a gente sempre se fala. É bacana, a gente vê que o Romero está indo bem, é um cara que eu sempre gostei, sempre foi esforçado. Um jogador que muitas vezes foi criticado ano passado, mas tem uma personalidade muito forte, ficou tranquilo, trabalhando sempre. Hoje está colhendo os frutos de um bom trabalho”, afirmou Jô em entrevista ao canal por assinatura BandSports nesta quarta-feira.

“Eu sou corinthiano, tenho sempre que estar acompanhado meu time (risos)”, acrescentou o centroavante brasileiro.

Jô foi negociado pelo Corinthians entre o fim de 2017 e os primeiros dias de 2018. O Nagoya Grampus desembolsou a quantia de 10 milhões de dólares (em torno de R$ 32 milhões) pelo goleador alvinegro, que chegou ao Japão com status de estrela brasileira. O clube paulista faturou algo próximo de R$ 22 milhões com a transferência do ex-camisa 7.

Leia também: Com saída de Rodriguinho, Corinthians vende seu principal artilheiro pelo segundo ano seguido

O começo do jogador pelo Nagoya, contudo, foi longe do esperado, como ele mesmo admite: “Deu uma melhorada boa. Realmente, nosso primeiro turno não foi dos melhores, não era o que eu esperava”, iniciou.

“Mas é tudo fase de adaptação, adaptar ao futebol japonês e eles entenderem como é jogar com um atacante mais de área, aqui eles têm muitos atacantes rápidos. Foi todo um processo. Agora trouxeram dois zagueiros experientes, trouxeram o Eduardo Neto, e o time deu uma melhorada. Ganhamos três dos últimos dois jogos e empatamos um, e consegui fazer quatro gols. O entusiasmo fica um pouco melhor”.

A equipe de Jô está na 18ª e última colocação da J-League, situação que fez o atacante ter o possível retorno ao futebol brasileiro especulado nos últimos dias. O rival Santos demonstrou interesse na contratação do brazuca ex-Timão, que assegura: voltar a jogar a Série A, ao menos no momento, está fora dos planos.

Não tem chance. Agradeço o interesse, a gente que é jogador sabe o quanto é bom ser lembrado por qualquer equipe, e o Santos é uma grande equipe. A gente fica feliz, mas tenho contrato aqui, estou muito feliz e espero poder cumpri-lo”, completou.

Somando as duas passagens, Jô fez 179 partidas, marcou 43 gols e conquistou dois títulos brasileiros (2005 e 2017) e um paulista (2017) vestindo o manto alvinegro.

Veja mais em: , Ex-jogadores do Corinthians, Romero e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Corinthians e Grêmio se enfrentam neste sábado, na Arena em Itaquera

    Saiba aonde assistir ao jogo entre Corinthians e Grêmio pela televisão

    ver detalhes
  • Corinthians encara Grêmio neste sábado

    'Entre céu e inferno', Corinthians recebe Grêmio na despedida do primeiro turno do Brasileirão

    ver detalhes
  • Badauí, do CPM22: 'Sou obrigado a ouvir que sou torcedor de Arena' | #76

    VÍDEO: Badauí, do CPM22: 'Sou obrigado a ouvir que sou torcedor de Arena' | #76

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel deixa Corinthians pouco mais de dois anos após ser contratado

    Marquinhos Gabriel deixa Corinthians como terceiro pior jogador do elenco em 2018; veja ranking

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes