Grana da venda de Rodriguinho é reivindicada por faculdade que acusa Corinthians de calote

37 mil visualizações 186 comentários

Por Meu Timão

Grana da venda de Rodriguinho é disputada entre Corinthians e universidade

Grana da venda de Rodriguinho é disputada entre Corinthians e universidade

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Boa parte do dinheiro a ser pago pelo Pyramids, do Egito, pela compra do meia Rodriguinho realizada no último mês de julho, pode nem mesmo chegar aos cofres do Corinthians. Ao menos é isso que tenta o Instituto Santanense de Ensino Superior, em ação na Justiça.

A instituição de ensino, mais conhecida como UniSant'Anna, cobra do Corinthians uma dívida de R$ 4,1 milhões, conforme apontado em reportagem publicada nesta sexta-feira pelo portal Uol. A faculdade já acessou as contas do Timão e obteve dessa forma cerca de R$ 260 mil - montante que será descontado do valor total da suposta dívida milionária com o clube.

O Instituto Santanense de Ensino Superior tenta agora fazer com que a quantia seja depositada diretamente em sua conta pelo Pyramids, sem nem passar pelo Corinthians.

Rodriguinho, vale lembrar, deveria render ao Corinthians algo em torno de 4 milhões de dólares (pouco mais de R$ 15 milhões), conforme acordado com os egípcios na ocasião da venda. A grana relacionada a tal negócio não consta no balanço divulgado mês passado pelo clube em referência às receitas e gastos registrados no primeiro semestre de 2018.

Não estranhe, leitor!

Se você, leitor do Meu Timão, se recorda de a UniSant'Anna já ter sido assunto aqui no site, você não está enganado! Em junho do ano passado, foi publicada uma reportagem detalhando uma parceria da Gaviões da Fiel com a universidade, relacionada a bolsas de estudo.

Veja mais em: Rodriguinho, Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Camisa 11 do Corinthians esteve presente em todo o treinamento desta quinta-feira

    Corinthians tem volta de Renato Augusto e Giuliano em treino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    [Andrew Sousa] Corinthians TV não pode ser palco de ofensas a Sylvinho e Cássio

    ver detalhes
  • Corinthians feminino foi campeão do Brasileirão 2021 na Neo Química Arena; torcida pede que semifinal do Paulista aconteça no estádio

    Torcida do Corinthians cria hashtag nas redes para pedir semifinal do Paulistão Feminino em Itaquera

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira tem contrato com o Timão até o dia 31 de março e, como reza a legislação esportiva, já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube do mundo

    Renovação de Gabriel Pereira com o Corinthians segue uma incógnita

    ver detalhes
  • Delegação do Corinthians passou por exames de Covid-19 no período

    Documento revela quanto o Corinthians gastou com exames de Covid-19 no primeiro semestre de 2021

    ver detalhes
  • Prefeitura de São Paulo cobra mais de R$ 15 milhões de IPTU do Corinthians referente aos anos de 2016 e 2017

    Corinthians tem pedido contra cobrança de R$15,4 milhões de IPTU negado pela Justiça

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Anderson

    Ranking: 1258º

    Anderson 1303 comentários

    @anderson.silva8 em

    Sinceramente eu estou sem entender, o Corinthians deve para uma universidade?
    Além dos gordos salários, melhores médicos, fisioterapeutas, melhores academias, ainda pagamos faculdades para nossos jogadores é isso?

  • Foto do perfil de Jorjão

    Ranking: 3027º

    Jorjão 604 comentários

    @flyyz em

    Foi só eu que não entendeu nada? O cara que escreveu essa materia devia estar bem loko de cachaça...

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Felipe

    Ranking: 1º

    Felipe 60139 comentários

    186º. @lipao88 em

    Não entendi foi nada...

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Fabricio

    Ranking: 19º

    Fabricio 25893 comentários

    185º. @alemaoocz em

    Não entendi, mas, é mais um querendo se aproveitar do Corinthians.

  • Foto do perfil de deco

    Ranking: 1ª

    Deco 15574 comentários

    184º. @deco20 em

    Cadê a informação?

  • Foto do perfil de Freddy

    Ranking: 765º

    Freddy 1889 comentários

    183º. @kruege em

    Matéria baseada na UOL?
    Meu Deus!

  • Foto do perfil de Davi

    Ranking: 1311º

    Davi 1257 comentários

    182º. @dmorgado em

    O Corinthians foi condenado, na última semana, a pagar cerca de R$ 2,7 milhões para a Faculdade UNISANTANA por ter descumprido acordo firmado entre as partes.
    A entidade pedia a reintegração de posse, ou seja, que voltasse a utilizar as dependências do clube para ministrar suas aulas de Educação Física.
    Por decisão unilateral, os dirigentes alvinegros expulsaram a UNISANTANA do Parque São Jorge, rasgando o contrato existente, para que empresas? Parceiras? De alguns conselheiros ocupassem seu lugar, entre elas uma daquelas igrejas praticantes de estelionato religioso.
    Como prêmio pela irresponsabilidade, o Timão foi condenado a pagar R$ 775.734,83 por danos emergentes, R$ 1.677.720,39 a título de lucros cessantes, 100 salários mínimos por danos morais, todos estes valores acrescidos de 1% ao mês de juros de mora desde a citação, em 2008, além de 10 % sobre o valor total como custas advocatícias.
    O processo é o de nº 008.08.102985-0

  • Foto do perfil de Davi

    Ranking: 1311º

    Davi 1257 comentários

    181º. @dmorgado em

    Em 2008, em aparente manobra de favorecimento à Faculdade Drummond, que tem como proprietário o ex-conselheiro alvinegro Osmar Basílio, o presidente Andrés Sanchez, com anuência do então vice de esportes terrestres, Felipe Ezabella e do vice jurídico, Sérgio Alvarenga, expulsaram a Unisantana, que mantinha, há algum tempo, parceria com o Corinthians.

    A quebra de acordo foi unilateral.

    Na sequência, o clube fechou acordo com a Drummond, concorrente do ex-parceiro.

    O caso foi parar na Justiça e entre idas e vindas o Corinthians foi condenado a pagar R$ 3,5 milhões em indenização.

    Protelado por conta de recursos, o pagamento terá agora, já em fase de execução, que ser realizado em 15 dias, segundo despacho da 3ª Vara Civil:

    ? Trata-se de cumprimento da sentença. Intime(m)-se o(a)(s) devedor(a)(s), por meio de seu advogado constituído, para pagar a dívida (R$ 3.542.810,32), no prazo de 15 dias, sob as penas da lei?

  • Foto do perfil de Ricardo

    Ricardo 6 comentários

    180º. @piteros em

    Realmente é necessário saber mais, porque o Corinthians deve pra essa faculdade?
    Porque não consta no balanço financeiro?
    Quem foram os beneficiados disso?
    Cadê a transparência?

  • Foto do perfil de Renato

    Ranking: 555º

    Renato 2372 comentários

    179º. @renato.andrade11 em

    Que jornalistas merda que faz uma reportagem feito por a metade, explica o porque da dívida, vai aprender fazer essa #[email protected]% direito

x