Mesmo com derrota, Gabriel reafirma força do Corinthians no Brasileiro: 'Vai brigar pra ser campeão'

Mesmo com derrota, Gabriel reafirma força do Corinthians no Brasileiro: 'Vai brigar pra ser campeão'

Por João Pedro Izzo e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

13 mil visualizações 209 comentários Comunicar erro

Gabriel ressaltou força do elenco do Corinthians após derrota para o Grêmio

Gabriel ressaltou força do elenco do Corinthians após derrota para o Grêmio

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Após a derrota do Corinthians para o Grêmio por 1 a 0 na noite deste sábado, Gabriel admitiu que o alvinegro criou muito pouco e comparou a partida com o desempenho da equipe em 2017, quando o Timão, segundo o volante, criava pouco e conseguia vencer. Entretanto, o camisa 5 falou de maneira sincera que o time não merecia vencer.

"Hoje nós criamos muito pouco realmente. A última partida, tenho de ser sincero, não precisava criar muito porque tínhamos o resultado a favor e com um empate estaríamos na semifinal da Copa do Brasil, e ainda conseguimos vencer a partida... São questões de jogo, da estratégia de hoje. Fizemos isso ano passado muitas vezes e ninguém falou nada. Agora, lógico, futebol gira em torno de resultado. Hoje jogamos mal e não merecemos vencer. Agora é tentar conversar e em vez de treinar, porque não dá tempo, acertar na base da conversa", explicou o volante na zona mista da Arena Corinthians.

Leia também:
Osmar Loss analisa derrota do Corinthians para Grêmio e explica alternativas da equipe
Avelar evita apontar culpados por derrota e lamenta ausência de 9 no primeiro tempo
Pobre tecnicamente, Corinthians é derrotado pelo Grêmio no fim do primeiro turno

Perguntando sobre qual será o rumo do Corinthians no Brasileiro, Gabriel reafirmou que o alvinegro brigará para ser campeão pela oitava vez do torneio nacional, relembrando que o Corinthians está nas oitavas da Libertadores e semifinais da Copa do Brasil. O atleta garantiu que a equipe é madura para reverter a situação negativa no Brasileirão: são três jogos seguidos sem vencer pela competição.

"Corinthians vai brigar pra ser campeão. Fomos campeões do Paulista, campeonato muito importante para nós, e temos três oportunidades para chegar e chegar forte. Estamos nas oitavas da Libertadores, chance real de classificação, semifinal de Copa do Brasil, onde está muito perto de conquistar um título que não acontece há nove anos, se não me engano. Tem muita coisa para acontecer. No ano passado, o campeonato ficou disputado no terço final. Tem muita coisa para acontecer e tenho certeza que nossa equipe é madura o suficiente para reverter essa situação", disse de maneira sincera.

Veja mais em: Gabriel, Campeonato Brasileiro, Libertadores da América, Copa do Brasil e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Henrique marcou primeiro gol oficial do Corinthians na temporada de 2019

    Henrique faz no fim, Corinthians empata com São Caetano e deixa impressão positiva para o Paulistão

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor de futebol, falou em nome da diretoria na Arena Corinthians

    Luan, Love, Arana, Romero e Ramires: diretor do Corinthians atualiza negociações

    ver detalhes
  • Avelar foi eleito o pior corinthiano em campo neste domingo pela torcida

    Avelar é criticado, e pedidos por Arana marcam repercussão da estreia corinthiana nas redes sociais

    ver detalhes
  • Melhor corinthiano em campo, Fagner foi também o capitão do Timão neste domingo

    Abismo entre laterais do Corinthians é destacado por torcedores após empate com São Caetano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes