Oya marca golaço, Corinthians se impõe e vence a primeira na segunda fase do Brasileiro Sub-20

Corinthians Corinthians 2 x 0 Internacional Internacional

Brasileiro Sub-20 2018

Oya marca golaço, Corinthians se impõe e vence a primeira na segunda fase do Brasileiro Sub-20

7.7 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Fabricio Oya voltou a decidir a favor do Corinthians nesta quarta-feira

Fabricio Oya voltou a decidir a favor do Corinthians nesta quarta-feira

Foto: Rodrigo Gazannel/Ag. Corinthians

Antes de os profissionais decidirem vaga na Copa Libertadores diante do Colo-Colo, o Sub-20 do Corinthians fez o dever de casa e venceu seu compromisso no início de noite desta quarta-feira. Com belo gol de Fabricio Oya e outro de Rafael Bilu, o Timão derrotou o Internacional por 2 a 0 na Arena Barueri, em Barueri-SP, em embate válido pela quarta rodada da segunda fase do Campeonato Brasileiro da categoria.

O primeiro tento corinthiano surgiu logo no início da partida. O lateral-direito Daniel Marcos tentou o arremate de longa distância e viu a zaga colorada tentar a interceptação. Oya, infiltrado entre os defensores gaúchos, girou o corpo e bateu de cobertura, sem chances de defesa para Miguel.

Bilu ampliou aos 35 minutos do segundo tempo, ao completar de carrinho cruzamento vindo da esquerda. Foi o primeiro gol do meia-atacante na atual edição do Brasileiro Sub-20. “Primeiramente quero agradecer essa vitória e esse gol a Deus. Estava devendo, fazia um tempo que não fazia gols, vinha dando assistências e me cobrando. Mais feliz ainda pela vitória”, vibrou o camisa 11 em entrevista à ESPN Brasil.

O técnico Eduardo Barroca mandou a campo força máxima. Rafael Bilu, desfalque por suspensão na rodada anterior do Brasileiro, retornava à ponta esquerda. Filipe, goleiro pertencente ao elenco profissional, disputava mais um jogo pelos juniores.

No esquema 4-2-3-1, o Corinthians foi escalado com: Filipe; Daniel Marcos, João Victor, Ronald (capitão) e Caetano; Jordan Souza e Rael; Fessin, Fabricio Oya e Rafael Bilu; Nathan.

Escalação Corinthians Sub-20 x Internacional

Meu Timão

Onze atletas formavam o banco de reservas do Timão: Diego (goleiro); Samuel e Igor (laterais); Franklin e Jordan (zagueiros); Roni, Du, Rafinha, Welliton e Vitinho (meias); Janderson (atacante).

Do outro lado, o Internacional de Ricardo Grosso tinha: Miguel; Riuller, Roberto, Bruno Fuchs e Erick; Edson Carvalho, Nonato e Richard; Bruno José, Pedro (capitão) e Brenner.

Situação no campeonato

A vitória desta quarta, a primeira do Corinthians na segunda fase (time acumulava três empates consecutivos), faz a equipe alvinegra pular da terceira para a segunda colocação do Grupo E, agora com seis pontos. O Palmeiras, que também havia vencido mais cedo, soma dez. Vitória, com quatro, e Internacional, com um único ponto, completam a chave.

O Timão, no entanto, ainda não está classificado à próxima fase. Para tal, precisará somar pontos contra o rival Palmeiras (12 de setembro) e Vitória (19).

Por ora, o maior campeão da Copinha se volta à disputa do Campeonato Paulista Sub-20. A equipe do Parque São Jorge recebe a Inter de Limeira sábado, na Fazendinha, às 15h.

O jogo!

Quatro minutos. Foi o tempo que Fabricio Oya levou para colocar o Corinthians à frente do placar no duelo em Barueri. O camisa 10, que havia renovado seu contrato com o clube na terça-feira, ficou com a sobra dentro da área e encobriu o goleiro Miguel.

Feliz demais pelo gol e pela vitória! Obrigado meu senhor 🙏🏻⚪️⚫️ #vaicorinthians

Uma publicação compartilhada por Fabricio Oya (@fabriciooya) em

O Timão manteria a postura ofensiva ao longo de toda a primeira etapa. Pouco depois, por exemplo, Rafael Bilu, aberto pela esquerda, puxou rápido contra-ataque, invadiu a área e finalizou de canhota por cima do gol colorado. O meia-atacante perdia aquele que certamente seria o segundo gol dos alvinegros na Arena Barueri.

Ao mesmo tempo, o Internacional tentava responder à altura. O centroavante Pedro chegou a ficar cara a cara com o goleiro Filipe, mas finalizou para fora – muito em razão do bom posicionamento do arqueiro corinthiano.

O técnico Eduardo Barroca, por sua vez, seria obrigado a mexer na equipe antes mesmo do intervalo. Nathan, camisa 9 do Corinthians, sentiu incômodo muscular e pediu substituição. O único atacante à disposição no banco de reservas, então, foi chamado a poucos minutos do fim da primeira etapa: Janderson, recém-contratado do Joinville.

“Graças a Deus fui muito feliz. Foi um momento muito rápido, um recurso, o que deu pra fazer e graças a Deus fui feliz”, declarou Oya no intervalo.

Até de forma natural, o Corinthians de Barroca tiraria o pé do acelerador no período complementar. A estratégia era chamar o Internacional para seu campo e apostar nos contra-ataques, sobretudo com os velocistas Janderson e Bilu.

Nesse meio tempo, o zagueiro Roberto protagonizou o lance mais duro do confronto. O defensor, na tentativa de evitar a descida de Roni, perdeu o tempo da jogada, chegou atrasado e acertou em cheio o volante corinthiano. O “tackle” foi rapidamente punido com cartão vermelho, deixando o Internacional com um atleta a menos.

A expulsão de Roberto precedeu o segundo dos donos da casa, marcado por Bilu, que aproveitou cruzamento da esquerda para completar de carrinho. Vitória assegurada em Barueri!

Experiente, Barroca utilizaria os minutos finais para promover substituições. O Internacional, abatido, não só somava a terceira derrota na atual fase como praticamente se despedia do certame nacional (precisa torcer para que o Timão não some nenhum ponto nas duas últimas rodadas).

Confira os próximos jogos do Corinthians Sub-20

Ficha técnica de Corinthians 2 x 0 Internacional

Competição: Campeonato Brasileiro Sub-20
Local: Arena Barueri, Barueri, SP
Data: 29 de Agosto de 2018 (quarta-feira)
Horário: 18h00 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Gomes Felix da Silva
Assistentes: Patrícia Carla de Oliveira e Amanda Pinto Matias
Gols: Rafael Bilu, Fabricio Oya (Corinthians)
Cartões amarelos: Jordan Souza, Nathan Palafoz e Samuel (Corinthians); Edson Carvalho (Internacional)
Cartão vermelho: Roberto (Internacional)

CORINTHIANS: Filipe; Daniel Marcos (Samuel), João Victor, Ronald e Caetano; Jordan Souza (Du) e Rael; Rafael Bilu (Rafinha), Fessin (Welliton) e Fabricio Oya (Roni); Nathan Palafoz (Janderson).
Técnico: Eduardo Barroca

INTERNACIONAL: Miguel; Riuller, Roberto, Bruno Fuchs, Erick (Leonardo Borges), Edson Carvalho (César Coelho), Nonato (José Gabriel), Richard (Clairton), Bruno José (Weslei), Pedro e Brenner (Pedro Henrique).
Técnico: Ricardo Grosso

Veja mais em: Corinthians Sub-20, Base do Corinthians e Fabricio Oya.

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes