Jogadores do Corinthians dividem culpa entre eles e respaldam técnico Osmar Loss

Jogadores do Corinthians dividem culpa entre eles e respaldam técnico Osmar Loss

Por João Pedro Izzo e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

2.6 mil visualizações 104 comentários Comunicar erro

Pressionado, Osmar Loss foi respaldado por jogadores corinthianos neste sábado

Pressionado, Osmar Loss foi respaldado por jogadores corinthianos neste sábado

Reprodução / Premiere

Depois do empate entre Corinthians e Atlético-MG por 1 a 1 na noite deste sábado, Osmar Loss voltou a ser pressionado pela Fiel, que até o vaiou no meio da partida e lhe deu nota que quase beirou o zero no quadro Notas da Torcida. Em meio à turbulência, os jogadores do Timão, em especial Gabriel, Ralf e Roger, chamaram a responsabilidade e dividiram a culpa pela má fase da equipe.

"Temos que encarar de maneira tranquila", começou Gabriel. "Não, pressão não está só em cima do Loss, pressão está sobre a equipe. Talvez pelos resultados não estarem acontecendo. A equipe está brigando, lutando, a gente pede um pouco de paciência, mas entendemos o lado do torcedor, quer vencer sempre. E se o resultado não está acontecendo, ele vai ficar agoniado para que os resultados voltem. Loss tem a confiança do grupo e da diretoria e isso é importante. Agora é buscar esses três pontos contra o Ceará incessantemente para crescer na competição", completou.

Leia também:
Vaiado na Arena Corinthians, Loss lembra série de desfalques e pede compreensão da torcida
Análise: No aniversário do clube, Corinthians empata contra o Atlético-MG em jogo pobre tecnicamente
Pedrinho dá presente, mas mistão do Corinthians cede empate em noite de festa na Arena

Ralf ressaltou a confiança da diretoria e do grupo corinthiano no treinador Osmar Loss. O volante argumentou que é fácil colocar a culpa no treinador quando os resultados não são os esperados.

“Temos total confiança no professor, a gente sabe que ele é capaz, profissional pra isso. Se a diretoria dá todo o respaldo, a gente tem que acatar também. Ele faz a substituição que tem que fazer, coloca de titular quem ele acha que tem de colocar. A gente tem que respeitar. Infelizmente quando o resultado não vem é fácil jogar a culpa no treinador. A gente tem que assumir a culpa e todos nós somos culpados”, explicou.

Veja os melhores momentos de Corinthians x Atlético-MG

Roger foi outro a responder sobre a pressão que enfrenta Osmar Loss. O centroavante aproveitou para destacar que o Corinthians jogou com seis mudanças, muitas trocas e que o treinador não consegue dar sequência nas ideias e sistemas de jogo da equipe.

“Teve muita troca, já falei isso. Hoje sem seis jogadores, bastante troca. Treinador não consegue escalar três ou quatro vezes a equipe. A ideia que tem, que achou, que talvez desde o jogo do Paraná pra quarta você tem seis mudanças. É difícil. A gente tem que entender que as trocas, esse vai-e-vem, de repente dois ou três jogadores vão mal, ficam cansados e sentem, aí não consegue escalar", analisou.

"A gente tem uma série de coisas que acontecem que tiram um pouco da confiança da equipe não jogar junto, mas não falou luta, briga, disposição. Buscar quarta-feira um grande resultado que esse ponto vai valer a pena”, completou o centroavante.

Veja mais em: Gabriel, Ralf, Osmar Loss, Roger e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Douglas vai defender as cores do Bahia até dezembro de 2019

    Sem conseguir se firmar no Corinthians, Douglas é anunciado como reforço do Bahia

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebe jogo entre Timão e São Caetano neste domingo

    Raridade no Paulistão-2019, estreia do Corinthians terá transmissão na TV aberta

    ver detalhes
  • Xavier marcou o gol mais rápido da atual edição da Copinha

    Corinthians negocia com volante de 18 anos da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille, Gustagol & cia. entra em campo neste domingo contra o São Caetano

    Novidade na escalação e Boselli VIP: Corinthians de Carille estreia neste domingo no Paulistão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes