Roger vê Corinthians 'guerreiro', pontua desfalques e projeta jogo no Castelão

1.8 mil visualizações 35 comentários

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

Roger teve atuação discreta em empate na Arena Corinthians

Roger teve atuação discreta em empate na Arena Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O centroavante Roger viu com bons olhos o empate do Corinthians por 1 a 1 com o Atlético-MG, na noite de sábado, na Arena Corinthians. Para o camisa 9, o desempenho do Timão deve ser considerado positivo em razão da série de desfalques – seis atletas titulares não atuaram, sendo quatro por problemas físicos ou musculares.

“Eu não acho (que o time está sem confiança). Teve muita troca, já falei isso. Hoje (sábado) sem seis jogadores, bastante troca. Treinador não consegue escalar três ou quatro vezes a equipe”, declarou Roger na zona mista da Arena Corinthians.

Leia também: Corinthians explica baixas de titulares e de Sheik contra o Atlético-MG

Na avaliação do jogador, embora o Corinthians tenha finalizado pouco a gol (seis arremates, apenas dois no alvo), não faltou entrega. “Mais confiante, mais alegre, mais leve. Claro que seis jogadores (fora) fazem a diferença, estávamos um pouco mais entrosados. Hoje prevaleceu a luta, o empenho, do jeito que deu, é difícil”, acrescentou o atacante, que também assumiu ter sentido o ritmo de partidas:

“Hoje eu estava um pouco cansado devido à quarta-feira (diante do Colo-Colo) termos nos entregado bastante. Agora é descansar e não lamentar esse resultado. Se conseguirmos um grande resultado no Ceará, esse empate vai ser muito bom”.

O único gol corinthiano foi marcado por Pedrinho, em chute de fora da área. Roger, homem mais ofensivo do Timão frente ao Atlético-MG, procurou abrir espaços para meias e pontas, além de aumentar a presença de área dos donos da casa. Ainda assim, teve atuação discreta – tentou uma única finalização, para fora.

Opção para Loss, o centroavante quer estar em campo na quarta-feira, quando o Corinthians visita o Ceará no Castelão, em Fortaleza, às 20h, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Tudo que aconteceu no jogo que fique no campo, a gente ficou com prejuízo da eliminação, mas essa ideia do jogo de quarta-feira é de hoje: correr, batalhar, lutar, não entregar os pontos. Importante nessa hora é não perder, já que você pega um Atlético com time preparado, descansado e muito bem treinado. Acho que pra quarta-feira, voltando todo mundo, dando opções pro treinador, podemos fazer um grande jogo lá”, finalizou.

Confira os melhores momentos

Veja mais em: Roger e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Cássio foi eleito apenas pela segunda vez entre os melhores do Paulista

    Corinthians tem três representantes, domina defesa e 'divide' seleção do Paulista

    ver detalhes
  • Corinthians viajou em voo fretado durante a Sul-Americana de 2019 e repetirá a logística durante o Brasileirão 2020

    Corinthians opta por fretar avião para viagens do Campeonato Brasileiro; veja os motivos

    ver detalhes
  • Primeiros meses de Tiago Nunes no Corinthians foram intensos

    Agora é Brasileirão! Como foi a temporada do Corinthians até antes da estreia no torneio nacional

    ver detalhes
  • [Mayara Munhoz] Neto, Luan e uma faixa de protesto no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida não poupou críticas a Luan após o vice do Paulistão

    Torcedores do Corinthians cobram Luan com faixa em frente ao CT: 'Tem que ter raça'

    ver detalhes
  • Tiago Nunes comandou os reservas em atividade com bola

    Corinthians se reapresenta ao CT e inicia preparação para disputa do Brasileiro; veja provável time

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: