Corinthians ironiza Flamengo sobre 'caso Fagner': 'Mimimi'

Corinthians ironiza Flamengo sobre 'caso Fagner': 'Mimimi'

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

29 mil visualizações 125 comentários Comunicar erro

Duílio repudiou pressão extracampo por parte do Flamengo antes de duelos da Copa do Brasil

Duílio repudiou pressão extracampo por parte do Flamengo antes de duelos da Copa do Brasil

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A recuperação acelerada do corinthiano Fagner para a primeira semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, contra o Flamengo, ainda dá o que falar. Depois de o clube carioca ameaçar ir à Justiça caso o lateral, cortado da Seleção Brasileira, seja escalado no duelo no Maracanã, o diretor de futebol do Timão, Duílio Monteiro Alves, pediu a palavra no CT Joaquim Grava no fim da tarde desta terça-feira.

Ao lado de Alessandro Nunes, gerente de futebol, Duílio tratou a forma como o Flamengo vem conduzindo o assunto como “mimimi”. Também lembrou que o corte de Fagner da Seleção foi feito pela própria Confederação Brasileira de Futebol, e não a pedido do atleta.

“Os times têm que estar prontos para chegar no estádio e jogar bola, fazer um grande espetáculo para suas torcidas. Fora isso, é muito mimimi, como a gente fala. Nem teve o jogo ainda. Vamos trabalhar para que o Corinthians saia vencedor. Mas esse tipo de pressão antes não cabe mais no futebol”, disparou Duílio Monteiro Alves.

Leia também:
Corinthians mostra laudo médico de Fagner e se pronuncia sobre polêmica com Flamengo
Médico do Corinthians se defende de insinuações flamenguistas e explica situação de Fagner

O Flamengo se vê prejudicado porque também teve um jogador convocado por Tite (Lucas Paquetá), mas, ao contrário do Corinthians, dificilmente poderá utilizá-lo por 90 minutos na quarta. A Seleção encara El Salvador nesta noite, a partir das 21h30 (de Brasília), em Washington (EUA). Paquetá deve ganhar minutos no segundo tempo.

“Não tem nenhum motivo (para reclamações), Fagner teve uma lesão comprovada, foi cortado pela CBF, que recebeu o laudo de exames solicitado. Quem faz o corte é a confederação, não o clube. Não faz o menor sentido, não tem por que reclamar”, discorreu o diretor corinthiano, que fez também menção à pressão exercida pelo Flamengo nos bastidores quanto à escolha da arbitragem.

“Acho que já passou o tempo disso, de fazer uma pressão tão grande em cima do árbitro. Foi um sorteio, os árbitros erram, já erraram para muitos lados, acho normal. É uma pressão exagerada, não tem sentido, já passou, coisa antiga, de 20 anos. Os times têm que entrar em campo, jogar bola na semifinal da Copa do Brasil, duas das maiores torcidas do Brasil. Esse assunto não cabe”.

Corinthians e Flamengo se enfrentam na noite de quarta-feira, às 21h45, no Maracanã, pela ida das semifinais da Copa do Brasil. O confronto de volta está marcado para 26 de setembro, na Arena Corinthians, em Itaquera.

Leia outros trechos da entrevista de Duílio no CT

CLIMA DE GUERRA É MOTIVO DE PREOCUPAÇÃO?

Temos jogadores experientes, a gente está sempre orientando. Mas o Corinthians tem que estar pronto para jogar bola, jogo grande, é uma semifinal. Corinthians tem que lutar, se entregar, é a marca do Corinthians. Não nos preocupamos com o externo. Temos que chegar lá, fazer um grande jogo e trazer a decisão para a Arena.

MAIS SOBRE ‘CASO FAGNER’

O Corinthians fez, o departamento médico os enviou à CBF e ele foi cortado. Depois disso vem trabalhando, Corinthians tem uma grande estrutura, fez fisioterapia, trabalhou em três períodos em alguns dias da semana e voltou a treinar ontem (segunda-feira). A gente espera que ele tenha condições para amanhã. Está tudo certo, não tem problema e faz parte.

CORINTHIANS SEGURO LEGALMENTE?

Tem total segurança. Como eu disse, ele foi cortado pela CBF, não foi um pedido de desconvocação pelo próprio atleta, como esse artigo prevê. Então o Corinthians está muito tranquilo em relação a isso e trabalhando muito para que ele tenha condições realmente de jogar amanhã.

COINCIDÊNCIA? CALMA LÁ...

Não tem coincidência nenhuma, tem um departamento médico muito bom e competente, uma fisioterapia muito boa e competente. O Fagner foi cortado pela Seleção. Se ele estiver melhor até quarta-feira, vai para o jogo porque foi feito um trabalho muito forte par ter uma recuperação mais rápida que o previsto.

Veja mais em: Duílio Monteiro Alves, Copa do Brasil, CT Joaquim Grava e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Thiaguinho deve ser titular do Corinthians neste sábado

    Sem Jadson, provável escalação do Corinthians tem três mudanças para encarar Vasco

    ver detalhes
  • Cerca de 300 torcedores na porta do CT Joaquim Grava na tarde desta sexta-feira

    Organizada do Corinthians grita contra Andrés e se reúne com jogadores, diretoria e Jair

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez volta da Europa neste domingo, com chegada ao Brasil no dia seguinte

    Presidente do Corinthians já tem data para retorno da Europa; otimismo por reforços na bagagem

    ver detalhes
  • Cássio é homem de confiança do técnico Jair Ventura

    Corinthians não cai, Cássio? Capitão se posiciona sobre declaração de Jair Ventura

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes