Defesa do Corinthians quebra jejum de quase dois meses frente a 'adversários de peso'

12 mil visualizações 31 comentários

Corinthians de Jair Ventura assume postura defensiva

Corinthians de Jair Ventura assume postura defensiva

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

"Foi importante quebrar essa sequência de jogos tomando gols, agora é trabalhar para não só não sofrer, mas também fazer gols." | Jair Ventura

A fala do técnico Jair Ventura após o empate de 0 a 0 entre Corinthians e Flamengo deixa claro o alívio alvinegro por enfim voltar a não levar gol durante uma partida. Mais do que isso, a defesa do Timão põe fim a um jejum de quase dois meses diante de "adversários de peso".

Leia também:
Jair explica escalação com três volantes e convoca Fiel para decisão na Arena
Cássio, Henrique, Léo Santos, Jair... Fiel elege destaques do Corinthians em empate
Henrique vibra com 'sucesso estratégico' do Corinthians no Maracanã

Levando em consideração os chamados 12 grandes clubes do futebol brasileiro e também o chileno Colo-Colo, algoz do Corinthians nas oitavas de final da Libertadores, a equipe alvinegra já somava sete embates sofrendo ao menos um gol – mesmo que vencesse o jogo.

  • Palmeiras 1 x 0 Corinthians - Brasileiro
  • Corinthians 1 x 1 Atlético-MG - Brasileiro
  • Corinthians 2 x 1 Colo-Colo - Libertadores
  • Fluminense 1 x 0 Corinthians - Brasileiro
  • Corinthians 0 x 1 Grêmio - Brasileiro
  • Colo-Colo 1 x 0 Corinthians - Libertadores
  • Vasco 1 x 4 Corinthians - Brasileiro

A última exibição alvinegra contra um grande clube na qual o Corinthians não havia levado gol datava de 25 de julho. Foi nesse dia que o Timão recebeu e venceu o Cruzeiro por 2 a 0, em duelo válido pela 15ª rodada do Brasileirão.

O feito defensivo conquistado no Maracanã expõe a estratégia de Jair Ventura neste início de trabalho frente ao Corinthians. Conforme já havia demonstrado contra o Palmeiras no último fim de semana, o Timão tenta se organizar prioritariamente atrás, "fechando a casinha" em busca de um resgate de seu DNA de tomar poucos gols – marca da equipe na última década.

Em menos de duas semanas, o Corinthians volta a enfrentar adversários tidos como difíceis: recebe o Internacional, pelo Brasileirão, e o Flamengo, pela Copa do Brasil. Antes disso, o Timão encara o Sport, neste domingo, também em casa e pelo certame de pontos corridos.

Uma visão menos pessimista? - Levando em consideração outros adversários (de perfis mais fracos), o Corinthians vinha de derrota por 2 a 1 para o Ceará e vitória por 1 a 0 sobre o Paraná. Essa última partida, na qual a defesa alvinegra passou ilesa, data de 25 de agosto.

Veja mais em: Jair Ventura, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Duilio Monteiro Alves (então diretor de futebol), Richard e Jorge Kalil (então diretor adjunto) durante apresentação oficial, no início de 2019

    Corinthians e América-MG fazem acordo na Justiça por dívida milionária; pivô é atleta do Tottenham

    ver detalhes
  • Rafael segue em busca de conseguir um reembolso por seus ingressos comprados em 2020

    Torcedor aciona Procon contra o Corinthians por problemas com ingressos de antes da pandemia

    ver detalhes
  • Corinthians Feminino retorna à Neo Química Arena neste domingo para disputar uma vaga na semifinal do Brasileirão

    Corinthians abre venda de ingressos para decisão no Brasileirão Feminino na Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Jogadores durante treino desta segunda-feira

    Corinthians treina no CT Joaquim Grava de olho na preparação para duelo decisivo na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Léo Mana foi convocado por Vítor Pereira ao time profisisonal

    Léo Mana é chamado ao profissional e desfalca o Corinthians em decisão no Sub-20

    ver detalhes
  • Guilherme Biro marcou um dos gols da vitória do Corinthians

    Corinthians controla o América-MG e larga na frente nas quartas de final do Brasileirão Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x