Arena e clube social 'travam' finanças do Corinthians e geram incógnita, aponta estudo

14 mil visualizações 57 comentários

Por Meu Timão

Arena Corinthians é um dos entraves financeiros do Corinthians, aponta estudo

Arena Corinthians é um dos entraves financeiros do Corinthians, aponta estudo

Bruno Teixeira/Divulgação/Corinthians

Responsável por estudos anuais das finanças dos clubes brasileiros, o Itaú BBA alertou para uma delicada situação financeira vivenciada pelo Corinthians. A análise é baseada nos números declarados pelo Timão em 2017.

A conclusão do estudo, conforme divulgado com exclusividade pelo portal GloboEsporte.com nesta terça-feira, é de que "o Corinthians tem dois 'freios' que o impedem de atingir um melhor desempenho financeiro: a Arena e o clube social".

Para pagar a dívida da construção da Arena, o Corinthians reverte integralmente a renda oriunda de bilheteria para o fundo que administra as contas do estádio. De acordo com o Itaú BBA, o clube deixar de arrecadar algo em torno de R$ 70 milhões por ano.

Com relação aos gastos com o clube social, o levantamento do Itaú BBA aponta um investimento do Corinthians na casa de R$ 60 milhões, somente em 2017, em atividades que não o futebol.

"O social dá prejuízo consistentemente e é coberto com recursos do futebol. Até quando será possível sem que isto impacte o esportivo? Esta é uma pergunta relevante. Há muito que enxugar, há muito que organizar para que as contas do dia-a-dia e o estádio sejam pagos. Aliás, a dívida do estádio nem está aqui, pois fica num balanço que não temos acesso. A realidade pode ser ainda mais dura. Como será o amanhã? Responda quem puder", conclui o estudo feito pelo banco privado.

Cabe lembrar que, na semana passada, o Corinthians divulgou números relativos ao último mês de julho. No documento, consta um aumento de R$ 52 milhões no endividamento total do clube somente nos primeiros sete meses de 2018, totalizando R$ 500,1 milhões de dívida - fora o débito da Arena, avaliado em torno de R$ 1,2 bilhão.

Mais dados divulgados pelo Itaú BBA

  • Corinthians registrou em 2017 um aumento de apenas 3% na arrecadação, contra 17% da média dos grandes clubes do país;
  • O investimento em futebol foi de R$ 189 milhões em 2017, semelhante aos R$ 179 milhões de 2016;
  • Corinthians arrecadou R$ 51 milhões com venda de atletas em 2017, contra R$ 85 milhões em 2016 e R$ 81 milhões em 2015.

Veja mais em: Arena Corinthians, Diretoria do Corinthians e Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Gustavo Mosquito era um dos destaques do Paraná na temporada

    Volta de Gustavo Mosquito ao Corinthians revolta torcedores do Paraná; entenda

    ver detalhes
  • Corinthians realiza último treino no CT antes de encarar o Grêmio neste sábado

    Sem Fagner e Carlos, Corinthians finaliza preparação para duelo com Grêmio; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Ruan Oliveira estreia pelo profissional do Corinthians no primeiro compromisso da equipe pelo Brasileirão de 2020

    Corinthians prorroga empréstimo de meia Ruan Oliveira; jogador ganhará espaço com Tiago Nunes

    ver detalhes
  • Entenda a dor de cabeça de Tiago Nunes no Corinthians

    [Vitor Chicarolli] Entenda a dor de cabeça de Tiago Nunes no Corinthians

    ver detalhes
  • Otero é pretendido pelo Corinthians e pode chegar para concorrer com Mateus Vital

    Otero recebe elogios de Vital, possível concorrente por vaga de titular no Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deixou o Corinthians no início desta temporada e segue sem clube

    Corinthians emite nota oficial em defesa de Jadson e desmente diretor de futebol do Coritiba

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: