Jair vê Corinthians mais competitivo e exalta chance de definir título da Copa do Brasil na Arena

4.2 mil visualizações 41 comentários

Por Meu Timão

Jair Ventura representou o Corinthians no sorteio da final da Copa do Brasil nesta quinta

Jair Ventura representou o Corinthians no sorteio da final da Copa do Brasil nesta quinta

Lucas Figueiredo/CBF

Depois de vencer o Flamengo por 2 a 1 e conquistar a classificação para a final da Copa do Brasil, na quarta-feira, o técnico Jair Ventura representou o Corinthians na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta quinta-feira. Sentando ao lado da taça do torneio e de Mano Menezes, treinador do também finalista Cruzeiro, o comandante do Timão viu a definição da Arena em Itaquera como palco do jogo de volta da decisão.

Antes do sorteio, contudo, Jair compartilhou um momento descontraído com Mano Menezes. Os treinadores brincaram sobre a segunda final consecutiva do técnico do Cruzeiro na Copa do Brasil, e o corinthiano não perdeu tempo.

"Aqui já tá começando o jogo, já to empurrando ela (a taça) um pouco mais para cá. Pra ele (Mano) deixar um pouco pra mim, né? Já tem duas finais, tá todo. Deixa para cá com o papai um pouquinho", brincou Jair Ventura.

Brincadeiras à parte, o treinador comemorou o desempenho do Corinthians no caminho a classificação. O embate contra o Flamengo marcou o quinto jogo de Jair Ventura sob comando da equipe. Até aqui, foram duas vitórias, uma derrota e dois empates - incluindo o 0 a 0 no jogo de ida da semifinal, no Maracanã.

"Cheguei em uma situação com dois jogos difíceis, mas fui muito questionado sobre a situação inteira, que era uma ordem minha não passar do meio de campo com o Corinthians, e não é verdade. Um mata-mata se ganha nos 180 minutos. Dentro de uma estratégia, trouxemos o jogo para a nossa Arena, onde somos fortes", analisou o treinador alvinegro.

"Estamos resgatando a competitividade, complementando pouco a pouco as coisas. Temos um grupo super competitivo, acostumado a vitórias e títulos, então isso é importante. Eles estavam incomodados com a situação e agora vamos mais leves. Estamos crescendo a cada jogo e voltando a ser Corinthians", completou.

Leia também:
13 tuítes arrogantes de flamenguistas que farão qualquer corinthiano cair na gargalhada
Torcedores de outros clubes do Brasil se derretem pela Fiel nas redes sociais: 'Eles são f...'

Já com a final em vista, Jair Ventura terá que manejar uma estratégia no próprio elenco do Corinthians para conciliar a disputa do Campeonato Brasileiro. A equipe é a atual oitava colocada do Nacional, com 34 pontos marcados e a uma vitória da sétima posição, que é ocupada pelo próprio Cruzeiro. Mesmo cogitando a escalação de um time alternativo na competição, o treinador enfatizou a vontade de subir na tabela.

"É um cobertor curto. Tem que por vezes fazer opções. Sofri um pouco com isso no Santos, porque fizemos quatro ou cinco jogos com times alternativos por termos decisões, e eu acabei perdendo esses jogos [...] Quando você corre riscos de jogar com o time alternativo, corre o riso de perder. Você perde ritmo de jogo, perde por jogadores que não tem o mesmo entrosamento que a equipe anterior. Mas tem que preservar seus principais jogadores para não perde-los em momentos decisivos", ponderou o técnico.

Leia também: Corinthians perde volante para primeira final da Copa do Brasil; Fagner ganha atenção do DM

Corinthians e Cruzeiro se enfrentam pelo jogo de ida da final no próximo dia 10 de outubro, às 21h45 (de Brasília), no Estádio do Mineirão. O título da Copa do Brasil será decidido na Arena, em Itaquera, no dia 17 de outubro, também às 21h45. Com isso, assim como na semifinal, o Timão leva o fator casa a seu favor na busca pela taça e Jair Ventura apontou as vantagens do fato.

"Que seja como foi na semifinal (contra o Flamengo). Lógico que com um estratégia diferente, assim como o Mano. Já que está definido, a melhor opção é aquela que não tem como mudar. Estamos felizes com a decisão, que vamos decidir em casa com a força da nossa torcida", afirmou.

O poder da Fiel, claro, foi ressaltado pelo treinador. "Realmente uma coisa de louco você decidir ali (na Arena Corinthians). Na véspera (da semifinal), um treino de terça-feira a tarde com quase 40 mil pessoas. A torcida do Corinthians é uma festa a parte, é o 12º jogador. Eles entenderam a força do Flamengo. A gente não se apegou as perdas e estamos extraindo o máximo dos nossos atletas para competir com essas equipes. Então, é realmente fantástico jogar a favor dessa torcida", encerrou.

Veja mais em: Jair Ventura.

Veja Mais:

  • Luan ainda não convenceu a torcida do Corinthians

    Tiago Nunes banca Luan como titular do Corinthians após ausência em estreia no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô durante duelo com Atlético-MG, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians sucumbe no segundo tempo e perde de virada para Atlético-MG na estreia do Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô marcou o primeiro gol do Corinthians diante o Atlético Mineiro, pelo Brasileirão

    Jô fica com melhor avaliação em noite de médias baixas no Corinthians; lateral beira o zero

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira comemorou sua estreia pelo Corinthians nesta quarta-feira

    Gabriel Pereira comemora estreia pelo time profissional do Corinthians: 'Um sonho de criança'

    ver detalhes
  • Arana e Michel Macedo no duelo entre Corinthians e Atlético Mineiro

    Torcida do Corinthians lamenta derrota no Brasileirão e destaca falta de opções entre os reservas

    ver detalhes
  • Trio foi chamado a entrar quando o placar já estava em 3 a 2 - aí já era tarde

    Análise: Corinthians não soube aproveitar vantagem, levou virada em Minas e podia ter sido goleado

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: