Corinthians martela, mas para em retranca do América-MG em estreia de Díaz

Corinthians Corinthians 0 x 0 América-MG América-MG

Brasileiro 2018

Corinthians martela, mas para em retranca do América-MG em estreia de Díaz

44 mil visualizações 419 comentários Comunicar erro

Pedrinho teve nova boa atuação nesta noite, mas insuficiente para assegurar vitória

Pedrinho teve nova boa atuação nesta noite, mas insuficiente para assegurar vitória

Foto: Rodrigo Gazzanel /Agência Corinthians

Diversas chances, um pênalti claro não marcado, nenhum gol. Assim pode ser resumido o empate entre América-MG e Corinthians deste sábado à noite. Em partida disputada no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Timão ficou no 0 a 0 com o oponente mineiro.

O confronto marcou a estreia do jovem Sergio Díaz, reforço do clube paulista no meio da temporada. O atacante paraguaio substituiu Clayson aos 22 minutos do segundo tempo.

Leia também: Corinthians tem pênalti não marcado no Independência e 'pistola' no Twitter; veja lance

As escalações

Jair Ventura não contou com quatro titulares em Minas Gerais: Fagner (fibrose na coxa direita), Danilo Avelar, Douglas e Jadson (desgaste físico). Devido a quantidade de ausências, optou por manter o sistema 4-2-4, trocando somente as peças. Gabriel, Carlos Augusto, Araos e Pedrinho ganharam oportunidade.

Com cinco atletas de linha com menos de 22 anos, o Corinthians foi a campo com Cássio (capitão); Gabriel, Léo Santos, Henrique e Carlos Augusto; Ralf e Araos; Romero, Pedrinho, Mateus Vital e Clayson.

Escalação Corinthians x América-MG

Meu Timão

O América-MG, treinador por Adílson Batista, ex-Timão, era formado por João Ricardo; Aderlan, Matheus Ferraz (capitão), Messias e Luan; Leandro Donizete, David e Ruy; Robinho, Gérson Magrão e Wesley Pacheco.

Leia também:
Nathan comanda virada do Corinthians sobre Novorizontino na Fazendinha
CBF anuncia comercialização do Brasileirão por R$ 500 mi; Timão participa em partes
Com direito a gol de bicicleta, Corinthians vence a primeira na terceira fase do Paulistão Sub-17

O empate fora de casa mantém o Corinthians, por enquanto, na oitava colocação. Cássio & cia. têm 35 pontos – por exemplo, dois a mais que o Atlético-PR, que entra em campo neste domingo.

Molecada jogando muito!

O mistão de Jair criou sua primeira grande chance ofensiva aos seis minutos. Após cobrança de escanteio, Carlos Augusto ficou com a sobra no lado direito e pegou mascado na bola. Ainda assim, o goleiro João Ricardo desviou com a mão para evitar que o placar fosse aberto no Independência.

Ainda que sem quatro titulares, o Timão teve o controle da partida durante os primeiros 45 minutos. Sem a bola, a equipe paulista voltava sua marcação de forma rápida e lutava para recuperar a posse o quanto antes; nos momentos ofensivos, Romero afundava pelo lado direito, enquanto Clayson dava trabalho a Messias pela esquerda. Pedrinho e Vital, os meias corinthianos, articulavam pelo meio.

Jair Ventura orienta ataque corinthiano no Independência

Jair Ventura orienta ataque corinthiano no Independência

Reprodução/Premiere

Aos nove, o goleiro do América voltou a fazer diferença. Clayson arrancou pelo lado e tocou para Pedrinho, dentro da área mas de costas para o gol. O jovem alagoano dominou com categoria, puxou para a canhota e bateu rasteiro, no canto esquerdo de João Ricardo. O arqueiro espalmou para o canto, cedendo novo escanteio aos alvinegros.

Já aos 12, uma terceira intervenção seguida de João Ricardo. Carlos Augusto avançou pela linha lateral e cruzou rasteiro para Mateus Vital, que pegou de primeira. O goleiro mineiro se esticou todo e fez defesa de alto índice de dificuldade no Independência.

O Corinthians desferiu nove finalizações (seis no alvo) ao longo de toda a primeira etapa, o que comprova a eficiência do setor de criação; o América, apenas três, sendo somente uma em direção à meta defendida por Cássio. O primeiro tempo, no entanto, terminou sem gols.

Cássio pouco trabalhou no primeiro tempo de América-MG x Corinthians

Cássio pouco trabalhou no primeiro tempo de América-MG x Corinthians

Reprodução/Premiere

“O volume está bom. Estamos conseguindo terminar as jogadas. Precisamos concluir em gol. Estamos chutando em cima do goleiro. Temos que ter mais calma na finalização, tirar dele (goleiro)”, analisou o atacante Clayson, ao canal Premiere, antes de seguir para o vestiário.

Díaz e mais nada...

Para sair de Belo Horizonte com os três pontos na bagagem, o Corinthians precisaria ser competente nos arremates. Também teria de superar eventuais erros de arbitragem, como o cometido pelo auxiliar Michael Correia (RJ) logo aos cinco minutos da etapa final.

A equipe paulista voltou do intervalo com menos objetividade, fazendo Jair promover sua primeira alteração com 22 minutos. Clayson, um dos destaques, deu lugar ao também atacante Sergio Díaz – ou “El Niño”, como bem informava sua camisa. Contratado do Real Madrid Castilla, o paraguaio de 20 anos de idade fazia sua estreia pelo Timão.

O nível técnico do jogo declinou de forma considerável na parte final. Com o Corinthians com menos paciência para criar, Jair lançou mão do centroavante Roger, o que poderia dar presença de área aos alvinegros. O volante Thiaguinho, outro suplente à disposição em Minas Gerais, também foi chamado – Araos e Romero deixaram o gramado.

Em suma: com um time misto, o Corinthians fez um primeiro tempo digno de elogios, caiu de produção no segundo e, por isso, celebrou o ponto conquistado em solo mineiro ao fim dos 90 minutos. De bom tamanho para os comandados de Jair Ventura...

Confira também: Jair Ventura fala ao Meu Timão

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Jair Ventura.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes