Movimentos de Pedrinho e Vital agradam Jair: 'Muito difícil pro adversário'

Movimentos de Pedrinho e Vital agradam Jair: 'Muito difícil pro adversário'

Por Meu Timão

6.7 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Pelo meio, Pedrinho foi um dos destaques do Corinthians no 0 a 0 em Belo Horizonte

Pelo meio, Pedrinho foi um dos destaques do Corinthians no 0 a 0 em Belo Horizonte

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Pela primeira vez desde que foi alçado ao elenco profissional, em fevereiro de 2017, Pedrinho não atuou na beirada do campo. Ao lado de Mateus Vital, o alagoano jogou como meia central no empate por 0 a 0 com o América-MG, na noite desse sábado, no Independência. A parceria entre os jovens articuladores foi algo bastante ressaltado pelo técnico Jair Ventura depois da partida.

Em entrevista coletiva concedida no Independência, Jair valorizou os movimentos feitos por Pedrinho e Vital, que procuraram não guardar posição e flutuaram do meio para frente. Segundo o treinador, o fato de o Timão ter confundido a defesa americana e criado alto número de oportunidades ao longo dos 90 minutos (nove finalizações apenas no primeiro tempo) passa pela “dobradinha” entre os armadores.

“Bastante liberdade pra esses homens. É muito difícil encaixar a marcação quando eles não têm posicionamento fixo”, disse Jair Ventura. “A gente dentro do jogo, com os mesmos jogadores, criando alternativas diferentes... Isso é muito difícil pro adversário. Tivemos o controle total da partida, infelizmente não conseguimos o gol. Vale essa confiança, trocando passes... A gente fica muito feliz pelo desempenho, mas triste porque não conseguimos reverter em gol”, acrescentou.

Corinthians encarou América-MG num 4-2-4, sem centroavante

Corinthians encarou América-MG num 4-2-4, sem centroavante

Meu Timão

Leia também:
Pedrinho vê Corinthians com mais mobilidade e lamenta chances perdidas
Araos se destaca como segundo volante, mas Jair não confirma substituto de Douglas
Análise: Corinthians faz grande primeiro tempo, mas sente cansaço na etapa final

Outro ponto destacado pelo comandante alvinegro no pós-jogo foi a dedicação nos momentos com e sem bola. Ele lembrou a determinação apresentada pelos jogadores na vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, pela Copa do Brasil, para afirmar que não cobrará menos de seus atletas daqui por diante.

“Se vocês perguntarem pros jogadores, eles vão dizer que sou um cara tranquilo, mas que cobra muito. Vou estar sempre querendo mais deles, e eles me provaram que podem me dar. Contra o Flamengo (na Arena), olhando o GPS, todo mundo correu, fizemos mais que o dobro do nosso adversário”, valorizou.

“Então vou estar sempre cobrando para buscar essa excelência. Não posso deixar de parabenizá-los por essa evolução”, completou.

Assista à entrevista do Meu Timão com Jair Ventura

Veja mais em: Jair Ventura, Pedrinho, Mateus Vital, Escalação do Corinthians e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Ramiro está confirmado na equipe titular do técnico Fábio Carille

    Com seis reforços, Corinthians relaciona 21 jogadores para estreia no Paulistão; veja lista

    ver detalhes
  • Diretoria do Corinthians vem anunciando novidades na camisa alvinegra neste mês de janeiro

    Corinthians fecha patrocínio de dois anos para barra traseira da camisa

    ver detalhes
  • Grêmio é um dos interessados em contar com Douglas em 2019

    De olho em Ramires, Corinthians pode negociar Douglas com o Bahia; Grêmio também tem interesse

    ver detalhes
  • Roger não é mais jogador do Corinthians, mas teve atitude elogiada pela Fiel

    Torcida do Corinthians 'quebra protocolo' e enche a bola de Roger após saída do centroavante

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes