Henrique diz que derrota não abala confiança do Corinthians, mas lamenta erros: 'Fomos muito abaixo'

Henrique diz que derrota não abala confiança do Corinthians, mas lamenta erros: 'Fomos muito abaixo'

Por Thaina Barros e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

5.6 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Henrique lamentou os erros do Corinthians na derrota para o Flamengo

Henrique lamentou os erros do Corinthians na derrota para o Flamengo

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Na noite desta sexta-feira, o Corinthians sofreu uma derrota de 3 a 0 para o Flamengo, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado amargo na Arena, em Itaquera, veio poucos dias antes da primeira final da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro. Ainda assim, o zagueiro Henrique garantiu que o fato não abala o foco da equipe alvinegra na briga pelo título.

"Cara, isso de ser (derrotado) na véspera ou não (da final)... É um resultado difícil sim, mas mudamos a chave de novo. Já sabemos da nossa capacidade, nosso segundo tempo foi muito abaixo. Sabemos da importância do jogo de quarta-feira. Vai ser totalmente diferente desse segundo tempo de hoje", afirmou Henrique.

A derrota por três gols de diferença foi a pior do Corinthians em 151 jogos na Arena. E dois dos gols marcados pelos cariocas vieram de bolas paradas, ambos marcados por Lucas Paquetá. O placar foi selado já nos acréscimos do segundo tempo, nos pés de Nenê.

"Vamos nos cobrar sim, porque isso não pode acontecer no Corinthians. Um segundo tempo que fizemos hoje, muito abaixo. Chamamos a equipe do Flamengo pra cima e tiveram vários escanteios. A gente treina isso, é o que mais treinamos quando temos tempo. E saíram dois gols de bola parada. A gente vai se concentrar mais, tem essa final pela frente. Agora é mudar a chave de novo para que possamos fazer um grande jogo quarta-feira", analisou o zagueiro.

Leia também:
Corinthians pode acabar rodada a quatro pontos da zona do rebaixamento
Superstição pela Copa do Brasil e até protesto nas urnas: Fiel repercute derrota do Corinthians

Questionado sobre a possível tática do Corinthians no jogo de ida da final, que acontece na próxima quarta-feira, em Belo Horizonte, Henrique preferiu colocar a decisão nas mãos do técnico Jair Ventura. A possibilidade de buscar um empate na casa do Cruzeiro, contudo, não foi descartada.

"A gente vai conversar agora que acabou o jogo. Amanhã tem treino e a gente já começa a mentalizar nossa final. E vamos ver o que o professor vai colocar, se vamos fazer a mesma coisa (buscar o empate) ou outra tática que ele vai apresentar. Vamos ver como vai ser a tática dele. É descansar e pensar nas coisas que deixamos de fazer hoje, para que quarta-feira a gente faça um grande jogo - independente se espera ou vai para cima. É ter um tempo para trabalhar", finalizou.

Corinthians e Cruzeiro se enfrentam às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, no Estádio do Mineirão. A volta será realizada no dia 17 de outubro, no mesmo horário, na Arena em Itaquera. Logo depois, a equipe volta o foco para o Campeonato Brasileiro em um clássico contra o Santos, no próximo sábado, às 19h.

Henrique, inclusive, será desfalque para o grupo ao lado do atacante Ángel Romero. Ambos levaram o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Flamengo e estão suspensos da 29ª rodada do Nacional.

Veja mais em: Henrique, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Em noite abaixo tecnicamente, Timãozinho dá adeus à Copa São Paulo; Vasco fará final contra São Paulo

    Corinthians sucumbe nos pênaltis e cai na semifinal da Copinha 2019

    ver detalhes
  • Léo Santos está de volta ao time titular; Corinthians busca primeira vitória após volta de Carille

    Carille saca Marllon e define Corinthians para jogo contra Guarani

    ver detalhes
  • A saída de Romero do Corinthians | #113

    VÍDEO: A saída de Romero do Corinthians | #113

    ver detalhes
  • Gustagol estará outra vez no comando de ataque corinthiano; Carille leva 21 jogadores

    Sem Boselli e Manoel, Carille relaciona 21 jogadores para duelo com Guarani

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes