Corinthians espera Fagner, e Jair poupa Gabriel após 'um contra um' com sua ex-cria

Corinthians espera Fagner, e Jair poupa Gabriel após 'um contra um' com sua ex-cria

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

31 mil visualizações 100 comentários Comunicar erro

Gabriel não viveu a melhor de suas noites com a camisa do Corinthians

Gabriel não viveu a melhor de suas noites com a camisa do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma importante novidade deve marcar a escalação do Corinthians para a primeira final da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro, nesta próxima quarta-feira: o retorno do lateral-direito Fagner. Improvisado na posição nos dois últimos jogos, Gabriel deve ou ir para o banco de reservas ou ser deslocado para segundo volante, substituindo assim o suspenso Douglas.

Na entrevista coletiva concedida ainda na Arena, em Itaquera, após a derrota de 3 a 0 do Corinthians diante do Flamengo, na noite da última sexta-feira, o técnico Jair Ventura projetou o retorno de Fagner, que está em fase final da recuperação de uma fibrose no músculo posterior da coxa esquerda. O treinador também poupou Gabriel de críticas diante da dificuldade do camisa 5 em marcar Vitinho, cria de Ventura nos tempos de Botafogo.

Leia também: Três corinthianos ficam com nota abaixo de um após derrota para Flamengo

"O Fagner todos esperam. Não adianta julgar o Gabriel agora. O Vitinho foi meu jogador, um dos mais caros do Brasil e mostrou hoje porque é um dos mais caros. A gente não pode culpar o Gabriel, ele fez um improviso para a gente e espero o retorno do Fagner. Vai ser importante para nós", analisou o comandante alvinegro.

O retorno de Fagner, cabe dizer, foi o único indicativo de Jair Ventura para a escalação que pretende mandar a campo contra o Cruzeiro. Mais do que isso: o treinador nem mesmo sinalizou qual postura seus comandados terão na primeira das finais da Copa do Brasil.

"Algumas coisas, assim como todos os jogos que ganhamos e perdemos, temos que corrigir. Não vou falar para você, mas vamos corrigir. Quando ganha, também temos coisas pra corrigir", explicou. "Pode (ser postura defensiva). Futebol pode tudo, mas não posso revelar. Tudo pode acontecer", acrescentou, ao ser questionado sobre a possibilidade de uma nova retranca a exemplo do empate sem gols no Maracanã no jogo de ida das semifinais.

Veja mais em: Copa do Brasil, Fagner, Gabriel e Jair Ventura.

Veja Mais:

  • Maior campeão, com dez títulos, Timão tenta ser um dos semifinalistas da Copa São Paulo

    Corinthians pega Grêmio por vaga na semifinal da Copinha; saiba tudo

    ver detalhes
  • Timão divulga primeira relação de atletas inscritos no Estadual; lista ganhará novos jogadores

    Paulistão: Corinthians inscreve 19 nomes e reserva vagas a reforços; veja relação

    ver detalhes
  • Manoel posa com manto na sala de imprensa do CT; defensor é a oitava contratação para 2019

    Manoel recebe conselho de Mano e diz quando deve estar pronto para estrear no Corinthians

    ver detalhes
  • Agora em definitivo: Boselli é esperado no Brasil nesta sexta-feira

    Boselli inicia viagem para se reapresentar ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes