Cássio evita culpar diretoria e valoriza campanha do Corinthians mesmo com vice-campeonato

Cássio evita culpar diretoria e valoriza campanha do Corinthians mesmo com vice-campeonato

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

1.5 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Cássio perdeu sua primeira final desde que chegou ao Corinthians

Cássio perdeu sua primeira final desde que chegou ao Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Assim que o juiz apitou o término da grande final entre Corinthians e Cruzeiro, confirmando o título dos mineiros, os desmanches sofridos pelo Timão passaram a ser lembrados. Para analistas e torcedores, a diferença das equipes esteve justamente na manutenção das principais peças.

Parte do elenco alvinegro há seis anos, Cássio engrossou o coro lamentando as perdas, mas preferiu não colocar a culpa somente na diretoria.

"Se você ver, eu queria estar jogando com o mesmo time de 2012, quando eu cheguei. Não falo por eles, só não queria perder nenhum jogador que eu trabalhei junto, porque todos agregaram. É complicado falar somente da diretoria. Não sabemos o que se passa por trás, o quanto o jogador queria sair e forçou uma saída. Agora é muito fácil culpar a diretoria", afirmou na zona mista, após derrota corinthiana por 2 a 1.

Leia também:
Em seu pior turno na história, Corinthians mira nove finais para evitar tragédia no Brasileiro
Andrés se desculpa com torcida por vice na Copa do Brasil e projeta 2019 melhor para o Corinthians
Jair lamenta não ter treinado formação da final: 'Coisa mais normal'

Mesmo chateado com sua primeira derrota em uma final defendendo as cores do clube, Cássio preferiu valorizar a campanha alvinegra. Para o arqueiro, a equipe teve muitos méritos na hora de superar as saídas e deixar uma equipe tão forte quanto o Flamengo para trás, na semifinal.

"Estamos em um país onde o vice não é nada, mas com todas as dificuldades, o Corinthians ter chegado na final com a campanha que chegou... Vai ser difícil dormir, mas amanhã já temos que colocar a cabeça no lugar porque domingo temos uma partida importante e precisamos vencer", pontuou.

Neste domingo, Cássio e companhia voltam a campo para outra decisão. Desta vez, o adversário é o Vitória, pela 30ª rodada do Brasileirão. O time baiano, vale frisar, é rival direto na luta alvinegra contra o rebaixamento. A bola rola às 16h, no Barradão.

Veja mais em: Cássio, Diretoria do Corinthians e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Pedrinho deve jogar aberto nesta noite; meia tem quatro gols em 52 jogos em 2018

    Com novidades na escalação, pressionado Corinthians revê Cruzeiro no Mineirão; saiba tudo

    ver detalhes
  • Jair conta com Romero para surpreender Cruzeiro fora de casa; time viaja à noite

    Jair preserva titulares, e Corinthians não tem treino tático antes de pegar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes
  • Andrés (à dir.) ao lado do diretor de futebol Duílio Monteiro

    Presidente do Corinthians viaja à Europa em busca de contratações

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes