Aparelhos eletrônicos são motivação curiosa de Fessin em início goleador no Corinthians

Aparelhos eletrônicos são motivação curiosa de Fessin em início goleador no Corinthians

Por Meu Timão

36 mil visualizações 101 comentários Comunicar erro

Fessin está no Corinthians há quatro meses e já é um dos destaques do Sub-20

Fessin está no Corinthians há quatro meses e já é um dos destaques do Sub-20

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Um dos destaques do Sub-20 do Corinthians em 2018, Fessin tem uma história de motivação no mínimo curiosa. Paralelamente ao desejo de se destacar na base e assim subir ao profissional do Timão, o jovem de 19 anos de idade ganha aparelhos eletrônicos a cada meta batida - individual ou coletiva.

Leia também:
Autor de golaço pelo Sub-20 do Corinthians dedica momento ao pai, falecido neste mês
Corinthians sofre virada, mas arranca empate heroico pelas quartas do Paulista Sub-20

Conforme revelado nesta terça-feira pelo portal Globoesporte.com, o estímulo parte do empresário do jogador, Diogo Silva. Ao conseguir determinados números de gols, assistências e até mesmo títulos, Fessin ganha produtos como celular, fones de ouvido sem fio e até um smart watch (relógio inteligente).

"Essa aposta é boa, você já vai para o jogo motivado para fazer os gols. Ajuda a equipe e me ajuda (risos). Isso partiu do meu empresário, porque eu não costumava fazer muitos gols. Estou evoluindo", declarou Fessin ao site.

Seja pelo estímulo do empresário, pelo sonho de chegar à equipe principal do Corinthians ou simplesmente por ser bom de bola, Fessin de fato vem se destacando em seus primeiros meses no clube. Titular absoluto do Sub-20, ele soma dez gols e quatro assistências em 26 partidas disputadas - é o terceiro maior goleador do time na atual temporada.a

Fessin chegou ao Corinthians em junho e rapidamente chamou atenção, ganhando inclusive oportunidade de treinar entre os profissionais no CT Joaquim Grava. Nesta terça-feira, por exemplo, participou do treino ao lado dos atletas comandados por Jair Ventura.

"Nas primeiras duas semanas eu fiquei treinando no profissional, isso ajudou bastante. Tudo no Corinthians me surpreendeu. É um nível muito diferente (...) O Corinthians é outro mundo, é muito diferente do ABC-RN", afirmou.

O jogador chegou sob alcunha de ex-parceiro de Matheus Matias. Ambos eram arco e flecha no ABC-RN: o meia dava constantes assistências ao centroavante.

E Matheus Matias? Que fim levou?!

Veja mais em: Corinthians Sub-20 e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Thiaguinho deve ser titular do Corinthians neste sábado

    Sem Jadson, provável escalação do Corinthians tem três mudanças para encarar Vasco

    ver detalhes
  • Cerca de 300 torcedores na porta do CT Joaquim Grava na tarde desta sexta-feira

    Organizada do Corinthians grita contra Andrés e se reúne com jogadores, diretoria e Jair

    ver detalhes
  • Jadson está relacionado para o jogo deste sábado contra o Vasco

    Corinthians relaciona Jadson e outros 22 jogadores contra o Vasco; veja a lista

    ver detalhes
  • Teu passado é uma bandeira. Não aprenderam a lição?

    [Lucas Faraldo] Teu passado é uma bandeira. Não aprenderam a lição?

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes