Reunião com Andrés define situação de membros da comissão técnica que discutiram publicamente

Reunião com Andrés define situação de membros da comissão técnica que discutiram publicamente

31 mil visualizações 122 comentários Comunicar erro

Caio Mello, fisioterapeuta, antes de um dos jogos do Corinthians

Caio Mello, fisioterapeuta, antes de um dos jogos do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma reunião com o presidente Andrés Sanchez definiu as situações dos dois membros da comissão técnica do Corinthians que discutiram publicamente durante o treino aberto na véspera da final da Copa do Brasil, na Arena.

Ao contrário do que se chegou a especular em redes sociais, não haverá demissão. Definiu-se pela permanência do fisioterapeuta Caio Mello e do médico Ivan Grava, que quase chegaram às vias de fato durante a calorosa discussão. Os dois profissionais, porém, foram cobrados pelo mandatário do clube, que os repreendeu pela atitude intempestiva diante de jornalistas e torcedores.

Médico Ivan Grava durante treino na tarde da última sexta-feira

Médico Ivan Grava durante treino na tarde da última sexta-feira

Rodrigo Vessoni / Meu Timão

No último treino antes da viagem a Salvador, realizado na última sexta-feira à tarde, Ivan Grava foi a campo e trabalhou normalmente durante a atividade dos reservas. O médico, inclusive, viajou com os demais membros da delegação corinthiana para a capital baiana.

Leia também:
Corinthians luta contra reviravolta jamais vista no Brasil e raríssima no futebol mundial
Jadson se torna artilheiro da era Jair; meia participou de 12 dos últimos 20 gols
Roger é o atacante do Corinthians que precisa de menos tempo para fazer um gol

A decisão de Andrés Sanchez de manter os dois profissionais é coerente com o discurso do diretor de futebol Duílio Monteiro Alves que, durante bate papo informal com os jornalistas após a final, explicou que discussões como aquela fazem parte do cotidiano de um departamento de futebol profissional. O dirigente, porém, fez questão de ressalvar quanto aos gestos exagerados dos dois profissionais durante o desentendimento.

O departamento de futebol profissional do Corinthians seguirá com três médicos (Dr. Ivan Grava, Dr. Julio Stancati e Dra. Ana Carolina Ramos e Côrte) e quatro fisioterapeutas (Paulo Rogério Vieira, Caio Mello, Bruno Gorgatti e Luciano Rosa).

Veja mais em: Andrés Sanchez, Departamento Médico, CT Joaquim Grava e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Timão de Jadson pega o Guarani no Brinco de Ouro; Léo Santos é novidade

    Com novidade na escalação, Corinthians revê Osmar Loss em busca da primeira vitória em 2019

    ver detalhes
  • Vagner Love tem conversas com o Corinthians, mas precisa resolver situação na Turquia

    Turcos tentam atravessar Corinthians por Vagner Love, que reforça desejo de deixar o país

    ver detalhes
  • Molecada do Corinthians foi eliminada nas semifinais da Copinha-2019

    Corinthians sucumbe nos pênaltis e cai na semifinal da Copinha 2019

    ver detalhes
  • A saída de Romero do Corinthians | #113

    VÍDEO: A saída de Romero do Corinthians | #113

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes