Dupla utilizada em treinos tem aproveitamento alto na base e mais gols que 'novos concorrentes'

Dupla utilizada em treinos tem aproveitamento alto na base e mais gols que 'novos concorrentes'

19 mil visualizações 111 comentários Comunicar erro

Bilu e Fessin são afinados quando atuam juntos pelo Sub-20 do Corinthians

Bilu e Fessin são afinados quando atuam juntos pelo Sub-20 do Corinthians

Foto: Marco Galvão/Ag. Corinthians

Desde que chegou ao Corinthians, Jair Ventura tem dado muito espaço ao processo de integração entre base e profissional. Nos últimos dias, foi a vez de Fessin e Rafael Bilu, destaques do Sub-20, trabalharem com o grupo principal no CT Joaquim Grava. Se depender dos números, os garotos podem ganhar cada vez mais espaço.

O primeiro fator são os gols marcados. Jogadores de lado de campo, os garotos já marcaram mais vezes na temporada do que seus principais concorrentes no profissional. Contratado junto ao ABC, Fessin chegou, não sentiu o peso da camisa e já balançou as redes sete vezes. Bilu, por sua vez, fez três gols.

Leia também:
Ceará vence, e Corinthians fica a só três pontos do Z4; veja classificação atualizada
Willian reitera corinthianismo, lamenta vice e diz não saber se volta ao Brasil
Aparelhos eletrônicos são motivação curiosa de Fessin em início goleador no Corinthians

No plantel principal do Timão, as opções de Jair para atuar pelas beiradas têm números piores ou semelhantes: Clayson fez três gols; Pedrinho fez quatro; Sheik fez dois; e Vital, que também cai por ali, marcou apenas uma vez. A exceção é Romero, que balançou as redes em 12 oportunidades, mas, na maioria delas, atuando como camisa 9.

Deixando os números individuais de lado, também chama atenção a estatística coletiva da dupla. Com Fessin e Rafael Bilu entre os titulares, o time comandado por Eduardo Barroca tem 60,32% de aproveitamento dos pontos - dez vitórias, oito empates e apenas três derrotas.

Outro bom indicativo, sobretudo para o momento alvinegro, é o poderio ofensivo quando os dois atuam. Em 21 jogos, foram 40 gols do Timão, ficando com média bem próxima de dois tentos por partida.

Mesmo aparecendo no CT Joaquim Grava entre os profissionais, a dupla ainda não foi efetivamente promovida por Jair e dificilmente terá oportunidades neste ano. Bilu, porém, foi para o banco de reservas no clássico contra o Santos e, segundo o treinador, quase entrou em campo.

Veja mais em: Fessin, Jair Ventura, Corinthians Sub-20 e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians tem opção para assistir ao jogo deste sábado ao vivo na televisão

    Confira como assistir ao jogo entre Corinthians e Vasco ao vivo na televisão

    ver detalhes
  • Destaque no Majestoso de sábado passado, Thiaguinho será titular diante do Vasco

    Com desfalques e dúvida na escalação, Corinthians recebe Vasco para 'jogo de seis pontos'

    ver detalhes
  • Roger não gosto de brincadeira feita por torcedor nas redes sociais

    Comparado com um cone, Roger se irrita e responde torcedor em rede social

    ver detalhes
  • Fiel vai apoiar o Corinthians em duelo decisivo pela permanência na Série A do Brasileirão

    Torcida do Corinthians garante mais de 32 mil ingressos para decisão contra o Vasco

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes