Danilo ressalta felicidade por noite de gala e volta a afastar chance de aposentadoria

3.1 mil visualizações 40 comentários

Por Meu Timão

Danilo voltou a garantir que seguirá atuando em 2019

Danilo voltou a garantir que seguirá atuando em 2019

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Após primeiro tempo ruim do Corinthians em Itaquera, Danilo saiu do banco de reservas no intervalo para mudar o rumo do embate frente o Bahia. Em campo por 45 minutos, o experiente jogador balançou as redes duas vezes, garantindo o triunfo alvinegro por 2 a 1. Sem marcar desde 2016, o meia, sempre tímido e de poucas palavras, não escondeu a alegria na saída do gramado.

"Estou muito feliz. Estou desde o início do ano treinando para jogar. A gente fica louco para estar em campo. Sou um jogador que joguei muito em todas equipes que eu passei, e esse ano eu joguei pouco, então às vezes incomoda bastante, mas nunca deixei de trabalhar", afirmou o camisa 20.

"Futebol é dessa forma e temos que respeitar as decisões do treinador, esperando a oportunidade. Graças a Deus hoje apareceu. Um dia muito feliz", completou.

Leia também:
Pedidos por renovação, estádio, estátua e até votos: Fiel vai a loucura com gols de Danilo
Corinthians vence o Bahia em noite comandada por Danilo na Arena
Decisivo, Danilo marca dois gols, um de bicicleta, e encerra longo jejum

Além de ressaltar a felicidade pelo momento, Danilo voltou a afirmar que não vai se aposentar no fim desta temporada. Como já tinha feito, o ídolo alvinegro garantiu que jogará na próxima temporada.

"Dá para jogar mais. Eu fiquei quase dois anos parados pela lesão, mas já tá definido que eu vou jogar o ano que vem ainda. Quero terminar com os 40 anos jogando, hoje me sinto muito bem. Pegando ritmo de jogo a gente aguenta muito mais", pontuou.

Apesar da vontade de continuar atuando em 2019, Danilo tem contrato com o Timão até o fim desta temporada. A expectativa é que a comissão técnica corinthiana defina o destino do jogador.

Veja mais em: Danilo.

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: