De olho em clássico do Sub-20, Fessin descreve primeira experiência no profissional do Corinthians

De olho em clássico do Sub-20, Fessin descreve primeira experiência no profissional do Corinthians

Por Meu Timão

2.8 mil visualizações 29 comentários Comunicar erro

Fessin, que já marcou em clássico sub-20 contra Palmeiras, agora mira Majestoso

Fessin, que já marcou em clássico sub-20 contra Palmeiras, agora mira Majestoso

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Estreante em jogos profissionais do Corinthians e portanto figura inédita no banco de reservas da Arena ao longo dos 90 minutos da vitória alvinegra por 2 a 1 sobre o Bahia no último sábado, o meia Fessin está, com o perdão do trocadilho, felizin da vida.

Apesar de não ter sido escalado em momento algum pelo técnico Jair Ventura, Fessin aprovou a experiência. Ainda jogador do Sub-20, ele já havia sido integrado temporariamente, dias antes, ao elenco profissional nos treinos realizados no CT Joaquim Grava.

"Foi uma experiência que levarei pra sempre na minha vida. Estar ali junto com os profissionais, indo para um jogo com a equipe principal do Corinthians, sem dúvidas foi um dia especial, ainda mais com a vitória que conquistamos. Fico feliz e seguirei trabalhando forte para ter novas oportunidades", disse o garoto de 19 anos de idade.

Leia também: Corinthians acumula erros, perde para Fluminense e sai atrás nas quartas da Copa do Brasil Sub-17

A exemplo do que o experiente Cássio e o também garoto Mateus Vital falaram após a partida, Fessin se impressionou com a torcida do Corinthians cantando cada vez mais alto conforma a chuva apertava naquela noite na Zona Leste de São Paulo.

"A torcida do Corinthians é sensacional. Eles apoiam do início ao fim e contra o Bahia não foi diferente. Então é manter o foco, trabalhar forte, evoluir para ainda dar muitas alegrias a eles", declarou, já projetando uma futura efetivação em definitivo ao elenco principal.

Por ora, porém, Fessin é do Sub-20. E por lá tem desafio importante pelas semifinais do Campeonato Paulista da categoria, já que o Timãozinho enfrenta o São Paulo em jogos de ida e volta com datas e horários ainda indefinidos. Autor de dez gols e quatro assistências em 27 jogos pela equipe de base, o meia falou sobre a expectativa para os Majestosos.

"Agora é pensar na decisão que teremos no Paulista. Será uma partida complicada, um clássico contra um grande adversário. Mas estamos prontos. Vamos trabalhar forte para fazer nosso melhor e buscar essa classificação para a final", finalizou.

Veja mais em: Fessin, Corinthians Sub-20, Campeonato Brasileiro, Torcida do Corinthians, Base do Corinthians e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Arana voltou a atuar pelo Sevilla, mas segue na mira do Corinthians

    Duílio garante que rumo das negociações não mudam após Arana voltar a atuar pelo Sevilla

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes