Andrés Sanchez nega equipe fraca do Corinthians: 'Momento ruim. Ano que vem todos verão'

Andrés Sanchez nega equipe fraca do Corinthians: 'Momento ruim. Ano que vem todos verão'

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

3.1 mil visualizações 114 comentários Comunicar erro

Andrés saiu em defesa da equipe de Jair Ventura

Andrés saiu em defesa da equipe de Jair Ventura

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O presidente Andrés Sanchez, em entrevista concedida nesta quinta-feira no CT Joaquim Grava, negou que a equipe atual do Corinthians seja abaixo da média do Campeonato Brasileiro. O Timão é hoje o 12º colocado, a cinco pontos da zona de rebaixamento.

Questionado sobre o clássico entre Corinthians e São Paulo do próximo sábado, Andrés jogou o favoritismo para o lado tricolor, mas afirmou que o problema da equipe alvinegra é o "momento ruim". Ele sugeriu que essa mesma base do time renderá mais ano que vem.

Leia também:
Presidente do Corinthians confirma reforços para 2019, mas usa trio como modelo de teto salarial
Juiz manda Corinthians entregar taça do Mundial; Andrés faz piadas e promete solução em 48 horas

"São Paulo é favorito, estamos jogando mal nos últimos jogos. Mas time por time, estamos devendo para dois ou três no Brasil. Não vou citar nomes. Estamos jogando fortemente. Temos um time com média de 23 anos, tem que ter maturação. Está em momento ruim? Está. Mas ano que vem todos verão", declarou o mandatário frente aos jornalistas.

Andrés ainda alegou não ter orientado que a equipe "largasse" o Brasileirão em meio à disputa da Copa do Brasil, torneio no qual o Corinthians acabaria vice-campeão. Ele citou justamente a situação atual da equipe na classificação para justificar, também alegando que o Timão sofre com deslizes de arbitragem na atual edição do torneio de pontos corridos.

"Quando eu falei que a prioridade era Copa do Brasil faltavam quatro jogos. No Brasileiro faltavam 18. É óbvio. Não quis dizer que largamos o Brasileiro, até pela situação que estamos hoje. O time está abaixo do que deveria estar. Perdemos pontos em casa que não deveria ter perdido, nos acréscimos... Jogadores sabem disso, aqui são cobrados. Ganham bem, mas são cobrados. Mas também fomos um dos times mais prejudicados, que menos teve pênalti marcados. O time não está bem, comissão técnica não está bem, temos que trabalhar bastante", argumentou o presidente corinthiano.

Além do Brasileiro, outro campeonato preterido por Andrés frente à Copa do Brasil na atual temporada foi a Libertadores. "O Corinthians está priorizando Copa do Brasil, Brasileiro e Libertadores por último", disse o presidente em agosto. Ao ser questionado sobre a provável ausência do clube na próxima edição do torneio sul-americano, ele adotou tom mais ameno.

"Qualquer campeonato de primeira linha da América do Sul que o Corinthians não esteja participando é negativo. Não só pelo dinheiro. Mas quando digo que a Libertadores não é mais prioridade é porque depois que ganhamos não tenho mais essa obsessão", declarou.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Elenco do Corinthians e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Jogadores comemoraram o gol de Vital; o camisa 22 foi discreto, em respeito ao ex-clube

    Vital cumpre lei do ex, Corinthians vence Vasco e respira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Gol de Mateus Vital garantiu vitória do Corinthians sobre o Vasco

    Rivais diretos perdem, e Corinthians começa 35ª rodada com pé direito; veja classificação

    ver detalhes
  • Roger foi criticado pela torcida após passar em branco no jogo deste sábado

    Torcida elege Vital craque de vitória do Corinthians, mas não perdoa dupla; veja as notas

    ver detalhes
  • Jair Ventura, Alessandro Nunes (gerente de futebol) e Duilio Monteiro Alves (diretor de futebol)

    Diretoria do Corinthians sobre Jair Ventura em 2019: 'Não temos intenção nenhuma de mudar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes