Campeão mundial pelo Corinthians supera empréstimos e conduz Goiás de volta à elite

Campeão mundial pelo Corinthians supera empréstimos e conduz Goiás de volta à elite

Por Meu Timão

67 mil visualizações 109 comentários Comunicar erro

Giovanni comemora gol pelo Goiás; time conquistou acesso há menos de uma semana

Giovanni comemora gol pelo Goiás; time conquistou acesso há menos de uma semana

Divulgação

Componente do elenco do Corinthians campeão mundial em 2012, Giovanni Piccolomo está entre os principais jogadores da atual edição da Série B. O meia, aos 24 anos de idade, enfim ganhou sequência de jogos na carreira e liderou o Goiás de volta à elite do futebol brasileiro. Detalhe: como líder de assistências de toda a competição.

Giovanni, formado nas categorias de base do Corinthians, deu 19 passes para gol em partidas da segunda divisão, além de ter marcado sete. Números que já lhe rendem, antes mesmo do fim de 2018, a melhor temporada como atleta profissional.

“É o melhor ano da minha carreira. É o ano em que mais joguei, tive 53 jogos no ano. Para mim foi 100%, com o título estadual e o acesso conquistado”, admitiu Giovanni Piccolomo, em entrevista ao portal Uol.

Leia também:
Corinthiano, Alex descreve família palmeirense impressionada com a Fiel na Libertadores-2012
Thiaguinho destaca semelhança extracampo com Paulinho e se inspira no ídolo corinthiano

Nem sempre foi assim. Giovanni demorou a engrenar como jogador. Tido como promessa no início da carreira, ele subiu aos profissionais do Corinthians após conquistar a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012. Mesmo com poucas oportunidades, acabou inscrito no Mundial de Clubes da Fifa no lugar do volante então recém-chegado Guilherme, impedido de participar da competição em razão do fechamento da janela de transferências.

Passada a conquista no Japão, o meio-campista perdeu espaço com a chegada de Renato Augusto e foi emprestado à Ponte Preta. Já em 2014, deixou Campinas para defender as cores da Portuguesa, onde também não conseguiu demonstrar seu futebol. Então, rodou por São Bento, Atlético-PR e Tigres-RJ até o fim do contrato com o Timão, em junho de 2016.

“Os empréstimos já tinham começado depois do Paulista de 2013. Tive uma convocação à seleção (sub-20) e, quando voltei, percebi que já não dava mais” recordou.

“Quiseram me emprestar, e eu não concordei na época porque eu poderia ganhar experiência no profissional. Eu era muito jovem, não tive a cabeça muito boa também, mas foi coisa que passou e serviu de aprendizado”.

Giovanni está no Goiás desde o começo de 2018. Ele possui vínculo até dezembro e tem o desejo de ajudar a equipe na Série A.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Carille comandou última atividade do Corinthians antes da segunda fase da Copa do Brasil

    Carille dribla imprensa antes de jogo contra Avenida; veja provável escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Destrinchamos o Corinthians e a forma de jogar de Carille em 2019 | #116

    VÍDEO: Destrinchamos o Corinthians e a forma de jogar de Carille em 2019 | #116

    ver detalhes
  • Fiel ainda pode garantir ingressos para jogo do Timão na Copa do Brasi

    Corinthians confirma apenas 14 mil ingressos vendidos para duelo contra o Avenida-RS

    ver detalhes
  • Fábio Carille confirmou relação dos atletas que vão à Arena nesta quarta; bola rola às 21h30

    Com Díaz, Carille relaciona 23 corinthianos para segunda fase da Copa do Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes