Após bancar Jair em 2019, diretoria muda discurso e agora cita jogo do Grêmio na última rodada

Após bancar Jair em 2019, diretoria muda discurso e agora cita jogo do Grêmio na última rodada

53 mil visualizações 381 comentários Comunicar erro

Duilio Monteiro Alves, que antes falava em Jair para 2019, agora pediu para aguardar o último jogo

Duilio Monteiro Alves, que antes falava em Jair para 2019, agora pediu para aguardar o último jogo

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Após a vitória sobre o Vasco, no último dia 17, a diretoria do Corinthians por meio de Duílio Monteiro Alves deixou claro que a intenção era de contar com Jair Ventura para 2019. "Não temos nenhuma intenção de mudar". Neste sábado, porém, o discurso mudou...

Após o empate sem gols com a Chapecoense, na mesma Arena Corinthians, o diretor de futebol do clube evitou garantir o treinador para a próxima temporada. Duílio citou o jogo contra o Grêmio, domingo, pela última rodada do Brasileirão, como base para maiores esclarecimentos.

"Tudo segue normal como está hoje. Ele comanda o time contra o Grêmio. Foi uma semana de muita especulação, a gente entende, porque o Corinthians não faz um bom campeonato. Hoje também não fez um grande jogo, mas o Jair continua, ele tem contrato e faz o jogo contra o Grêmio", afirmou.

Leia também:
Danilo é eleito o melhor corinthiano de empate; torcida contesta escolhas de Jair
Sheik evita clima de adeus ao Corinthians após último jogo: 'Vou estar perto'
Terceiro amarelo faz Corinthians perder dupla para a última rodada do Brasileirão 2018

Na sequência, o dirigente voltou a ser questionado sobre a possibilidade real de Jair Ventura deixar o cargo. E o discurso, novamente, foi de pensar no próximo compromisso.

"Ele continua, temos um jogo importante contra o Grêmio. Se houver alguma mudança, a gente vai ver posteriormente a isso. Por enquanto não tem nada previsto", garantiu.

Duílio Monteiro Alves, como não poderia ser diferente, foi questionado sobre a possibilidade de Fábio Carille ser o substituto e ser anunciado nos próximos dias, algo que mexeu com a cabeça do torcedor durante a semana. O diretor de futebol respondeu o seguinte:

"O Fábio fez um grande trabalho no Corinthians, conquistou três títulos. A gente entende que sempre que o time estiver num mau momento é um treinador que sempre será pedido, como foi o Tite. A gente entende que faz parte", finalizou.

Fala, Jair

Em sua entrevista coletiva após o empate sem gols com a Chapecoense, Jair Ventura voltou a colocar a decisão nas mãos da diretoria do Corinthians, sem entrar em maiores detalhes sobre o que acha de tudo que está sendo falado pelos jornalistas.

"Sobre os bastidores, é o que o Corinthians se manifestou, a nota oficial, aquilo que está para fora e para dentro. Seguimos trabalhando. A gente sabe que essa situação não depende de mim, depende da nossa direção. O que foi falado pra vocês foi falado para a gente. Seguimos trabalhando", afirmou.

Veja mais em: Duílio Monteiro Alves, Diretoria do Corinthians e Jair Ventura.

Veja Mais:

  • Corinthians fez dois gols no final do jogo e garantiu a classificação

    Corinthians vira no fim, despacha o Avenida e avança na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Quem para o homem?! - Gustagol comemora oitavo gol pelo Corinthians em 2019

    Atacantes do Corinthians empatam na eleição do craque da segunda fase da Copa BR; veja avaliações

    ver detalhes
  • Urso beija escudo do Corinthians ao comemorar primeiro gol pelo clube

    Carille se encanta com Sornoza e valoriza credenciais de Urso: 'Sei que o corinthiano gosta'

    ver detalhes
  • Avelar é dúvida para compromisso do fim de semana; Timão se reapresenta nesta quinta

    Avelar deixa Arena mancando e pode se tornar desfalque para Carille

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes