Corinthians perde do Grêmio, mas ameniza trágico Brasileirão com vaga na Sul-Americana

Corinthians Corinthians 0 x 1 Grêmio Grêmio

Brasileiro 2018

Corinthians perde do Grêmio, mas ameniza trágico Brasileirão com vaga na Sul-Americana

28 mil visualizações 577 comentários Comunicar erro

Defesa do Corinthians encontrou muita dificuldade para frear subidas do Grêmio

Defesa do Corinthians encontrou muita dificuldade para frear subidas do Grêmio

Reprodução/TV

Heptacampeão há um ano, o Corinthians se despediu da temporada de 2018 com nova derrota. O Timão perdeu por 1 a 0 para o Grêmio no fim de tarde deste domingo, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro.

O Timão em momento algum da partida esteve minimamente próximo de balançar as redes gaúchas. Mais do que isso: encontrou extrema dificuldade para trocar passes e passar da linha de meio de campo quando o Grêmio mostrou interesse no jogo.

Com o resultado, os comandados de Jair Ventura terminam o Brasileirão com modestíssimos 44 pontos, caindo da 12ª para a 13ª posição e assim se classificando no limite para a Copa Sul-Americana do ano que vem. O Timão acabou a apenas dois pontos de distância do Z4.

No que diz respeito à escalação, cabe destacar que o técnico Jair Ventura contou com desfalque de Ralf, suspenso. Assim Gabriel foi escalado como primeiro volante. E o Timão entrou em campo com: Cássio (capitão), Fagner, Léo Santos, Henrique e Carlos Augusto; Gabriel e Thiaguinho; Pedrinho, Jadson e Mateus Vital; Romero.

Escalação Corinthians x Grêmio

Meu Timão

De férias já a partir desta segunda-feira, o elenco do Corinthians se reapresenta ao CT Joaquim Grava no início de janeiro (não há ainda data definida) para dar início à pré-temporada de 2019. Sem participar da Florida Cup pela primeira vez após quatro anos, o Timão estreia no Campeonato Paulista dia 20 de janeiro, contra o São Caetano.

Primeiro tempo

Não que o torcedor do Corinthians tivesse criado expectativas muito diferentes para esta última tarde de futebol profissional da temporada. Mas a atuação alvinegra diante do Grêmio foi desesperadora nos primeiros minutos de jogo no que diz respeito à dificuldade em passar da linha de meio de campo. Pressionadíssimo pelos gaúchos, o Timão ora rifava a bola ora errava os passes. E logo aos 11 minutos viu suas redes serem balançadas...

Em bela triangulação envolvendo Maicon, Ramiro e Alisson, o Grêmio se infiltrou como quis na grande área do Corinthians. Após cruzamento mascado pelo zagueiro Henrique, Jael se antecipou a Léo Santos e Cássio e empurrou a bola para dentro do gol.

Mesmo em vantagem, o Grêmio manteve o ritmo ofensivo. O Timão seguia com dificuldade para frear os mandantes. Ao menos outras duas infiltrações na grande área alvinegra tiraram Cássio (e toda a torcida) do sério diante da facilidade encontrada pelos gaúchos.

Nas raras vezes em que subia ao ataque, o Corinthians nada de efetivo produzia. Romero recebeu cruzamento rasteiro de Carlos Augusto e isolou por cima do gol, naquela que foi a "menos pior" oportunidade alvinegra no primeiro tempo. Para piorar, o Timão se embananava para controlar os contra-ataques gremistas: Romero e Henrique, por exemplo, tiveram de fazer faltas bisonhas para impedir chegadas perigosas do Grêmio...

É, Cássio... 2018 não foi fácil!

É, Cássio... 2018 não foi fácil!

Reprodução/TV

Por fim, ainda houve necessidade de substituir Mateus Vital, que machucou o ombro. Clayson foi o escolhido por Jair Ventura para entrar em campo...

Segundo tempo

A etapa complementar teve outro ritmo, muito em função da falta de ímpeto do Grêmio. Sem muito pressionar, os gaúchos deixaram o Corinthians com a bola nos pés.

Na prática, nada de muito diferente, porque o Timão encontrava bastante dificuldade em chegar com qualidade no entorno da grande área gremista. Aos 6 minutos, uma rara oportunidade alvinegra, desperdiçada por Romero cara a cara com o goleiro Paulo Victor.

No decorrer do jogo, apesar de controlar a posse de bola, o Corinthians foi na verdade quem mais correu riscos - justamente nos contra-ataques que já incomodavam desde os 45 minutos iniciais. Nesse sentido o destaque ficou por conta de um cartão amarelo sofrido por Léo Santos - puxou Éverton na entrada da área (e poderia ter sido expulso...).

Jair Ventura ainda promoveu no decorrer da etapa complementar as entradas de Douglas e Danilo nas vagas de Gabriel e Pedrinho, respectivamente. Nada que mudasse o panorama triste do Corinthians nesta saideira de Brasileirão. Vem, ano novo!

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes