Corinthians faz busca no mercado e se assusta com pedidas de até R$ 900 mil mensais; teto seguirá

Corinthians faz busca no mercado e se assusta com pedidas de até R$ 900 mil mensais; teto seguirá

65 mil visualizações 731 comentários Comunicar erro

Thiago Neves foi um dos nomes procurados; valor pedido assustou

Thiago Neves foi um dos nomes procurados; valor pedido assustou

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

A diretoria do Corinthians segue em busca de reforços para 2019, mas a varredura no mercado em busca de jogadores mais tarimbados causa apreensão devido à pedida salarial de alguns dos alvos.

O Meu Timão apurou que a consulta feita à pessoas próximas ao meia Thiago Neves, por exemplo, resultaram na resposta de que o salário a ser pago pelo Corinthians teria de ser R$ 900 mil, além do pagamento de luvas. Isso sem falar em algum valor a ser disponibilizado ao Cruzeiro pela muita rescisão do jogador - fala-se em até € 10 milhões (cerca de R$ 40 milhões).

Leia também:
Diretoria do Corinthians e Carille definem Gustagol como prioridade, mas iniciam busca por novo 9
Volta ao Brasil adiada: xeque pede que Carille e comissão técnica façam mais dois jogos
Dupla de reforços do Corinthians é aprovada em exames médicos; contratos serão de três anos

O salário de Thiago Neves estaria completamente fora do que o Corinthians pretende pagar. O clube, aliás, manterá Cássio, Fagner e Jadson como tetos salariais, com vencimentos que não são nem a metade da pedida do estafe do jogador cruzeirense.

"Acima deles, ninguém. Basta olhar a trajetória deles no clube, os títulos conquistados... não pode chegar ninguém acima deles", afirmou uma pessoa ligada à diretoria do Corinthians, em contato por telefone.

Até o momento, o clube acertou a contratação de quatro jogadores para 2019: o lateral-direito Michel Macedo, os atacantes Gustavo Mosquito e André Luis, e o volante Richard. Os dois primeiros já foram anunciados oficialmente. Os dois últimos já foram aprovados em exames e aguardam a assinatura dos contratos - vínculos devem ser de três anos.

Enquanto isso, novas tentativas de jogadores com experiência e vivência continuarão no Parque São Jorge. Mas sem loucuras...

Veja mais em: Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians jogou boa parte da temporada sem estampa no espaço principal do uniforme

    Otimismo do Corinthians com patrocínio contrasta com fracasso inédito desde era Kalunga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes