Andrés lembra receio por contratação de Emerson e exalta identificação do atacante com o Corinthians

Andrés lembra receio por contratação de Emerson e exalta identificação do atacante com o Corinthians

Por Meu Timão

8.2 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Andrés cogitou vetar a contratação de Sheik, sugerida por Duílio Monteiro Alves

Andrés cogitou vetar a contratação de Sheik, sugerida por Duílio Monteiro Alves

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Nesta sexta-feira, às 21h, o atacante Emerson se despede da Arena Corinthians. Disputado pela primeira vez no estádio, o evento Sheik e Amigos Contra a Fome marca também a aposentadoria do herói da Libertadores de 2012. A bela trajetória no Timão, porém, quase não aconteceu. Isso porque Andrés Sanchez teve muito receio de concretizar sua contratação.

O motivo eram os fatores extra-campo. Antes de desembarcar no Parque São Jorge, o jogador foi demitido do Fluminense por ter cantado uma música do Flamengo no ônibus do clube.

"Quando o Duílio falou de contratar o Sheik, eu falei "nem pensar". Já pensou ele vir aqui e cantar a música de um rival? Isso vai dar confusão. A primeira vez que eu vi ele, falei: "Ei, aqui é o Corinthians, hein? Não vem cantar música de rival aqui que você morre"", relembrou o mandatário, em documentário produzido pelo GloboEsporte.com.

Convencido pelo restante da direção, o presidente deu o aval para o negócio e não tem do que se arrepender. Mesmo os problemas causados por Sheik nunca o deram dor de cabeça, sobretudo pelo estilo sincero do atacante.

"Todas as cagadas que ele fez aqui no Corinthians, ele sempre assumiu e foi sincero. Isso é o mais importante em um time de futebol, sinceridade", afirmou.

Leia também:
Jonathas posta vídeo em academia e avisa: '2019 será diferente'
Marciel deve ganhar terceira chance no Corinthians; novo extracampo mudou seu status no clube

Há, no entanto, um episódio em que o mandatário alvinegro acredita que Emerson não falou a verdade. Durante um treino, o jogador chegou de helicóptero, argumentando que se atrasaria vindo de outra forma.

"Ele dá desculpa que estava atrasado, mas a verdade é que estava com preguiça de andar de carro. Como ele é privilegiado, pegou um helicóptero e veio para o treino para chamar atenção. Matéria em todos os jornais", disse o presidente, antes de valorizar a identificação de Sheik com o Timão.

"Ele ganhou tudo pelo Corinthians, está na história. Jogou em vários clubes, mas ninguém vai falar o Sheik do Flamengo, do Fluminense ou não sei da onde. Vão falar o Sheik do Corinthians", concluiu.

Veja mais em: Emerson Sheik e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Treinador Fábio Carille durante treino desta segunda-feira no CT Joaquim Grava

    Carille aumenta números monstruosos e reforça marca: é o rei dos clássicos no Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson e Carille conversam durante treino no CT Joaquim Grava

    Fortalecimento tira Jadson de combate no Corinthians por cerca de 15 dias

    ver detalhes
  • Corinthians recebe o Avenida pela Copa do Brasil na Arena

    Copa do Brasil, Paulistão e jornada dupla no vôlei: a agenda do Timão na semana

    ver detalhes
  • Gustagol fez o segundo do Corinthians e recolocou a equipe à frente do placar contra o São Paulo

    Corinthians vence São Paulo com gols de Gustavo e Manoel e mantém supremacia de meia década

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes